Rapidinhas: Musical A Cor Púrpura faz sessão digital no Dia da Consciência Negra

Sorriso negro

Protagonizado pela excelente Letícia Soares e com um grande elenco negro, o musical A Cor Púrpura faz uma transmissão especial digital nesta sexta (20), às 20h, para celebrar o Dia da Consciência Negra. Os ingressos estão disponíveis na Sympla. Perde não.

Profissão antiga

A atriz Glória Rabelo vive uma prostituta da terceira idade na peça Doralice – Senhora Meretriz, escrita e dirigida por Dan Rosseto e produzida por Fábio Câmara. A obra estreia no teatro digital nesta sexta (20), com ingressos vendidos na Sympla. Atenção: serão apenas três apresentações, sempre às sextas, às 20h. O tema é interessantíssimo.

Prévia

Previsto para chegar às salas só em 2021, o filme Marighella, dirigido por Wagner Moura e protagonizado por Seu Jorge, faz sessões especiais de pré-estreia em Salvador, entre 19 e 25 de novembro, no Espaço Itaú de Cinema – Glauber Rocha, na praça Castro Alves, como parte das celebrações da Semana da Consciência Negra. Aliás, este é o cinema que tem a vista mais bonita do mundo: para a Baía de Todos os Santos. Axé.

Meus livros e nada mais

O ator e dramaturgo Ivam Cabral, do Satyros, está aproveitando este tempo trancado em sua casa de madeira em Parelheiros, na zona sul paulistana, para retomar antigas leituras da infância e da adolescência, quando era incentivado por sua mãe a ler tudo que encontrava pelo caminho. Um dos livros que releu recentemente é Meu Pé de Laranja Lima, romance clássico de José Mauro de Vasconcelos. Foi uma emoção que só. Que sirva de exemplo.

Eu canto e danço

Nany People não para. A atriz e humorista estreia Nany É Pop – Um Musical neste sábado (21), às 20h, de forma digital, no canal do YouTube da WB Produções. Poderosa.

A nova TV

Após perder preciosos anos para a Netflix e a Amazon, a plataforma de streaming Disney+ acaba de chegar ao Brasil. Ela engloba todo conteúdo disponível da Disney, Pixar, Marvel, Star Wars e National Geographic. São mais de 40 produtos originais Disney +, 500 filmes e 7.000 episódios de séries. Além disso, promete mais de 70 produções originais da América Latina que estão sendo desenvolvidas no Brasil, México, Argentina e Colômbia. A briga dos gigantes do streaming promete. Se segura, Globoplay!

Retomada

Grande referência no ensino do ballet, a Escola Bolshoi retornou com aulas práticas presenciais em sua sede em Joinville, Santa Catarina, com todos os protocolos sanitários. Viva a dança.

Vida lá fora

Com oito discos lançados e uma trajetória sólida de 40 anos como cantor e compositor, o mineiro Luizinho Lopes acaba de lançar nas plataformas digitais o single Varanda, pelo selo Pôr do Som. A canção abre a parceria com seu filho, Vitor Bara, e fala poeticamente sobre o cotidiano ao redor, percebido da varanda, pelo olhar de quem está em isolamento social. Necessário.

Filhos de peixe

Os cantores e compositores Wilson Simoninha e Jair Oliveira assinam a direção musical do Falas Negras, especial do Dia da Consciência Negra que será exibido pela TV Globo nesta sexta-feira (20), às 23h. Simoninha é filho do grande Wilson Simonal. Já Oliveira é filho do inesquecível Jair Rodrigues. Dois batutas.

Bom dia, comunidade

Cris Arcangeli estreou o projeto Empreender Liberta em seu canal no YouTube com foco no empreendedorismo feminino. A primeira ação foi na comunidade de Paraisópolis, na zona sul paulistana, no episódio de estreia Paraisópolis a Mil. “Tenho o propósito de incentivar e acelerar pequenos negócios, principalmente de mulheres para ajudar a promover visibilidade de qualidade, educação empreendedora, parcerias, mentoria e consequentemente liberdade financeira”, diz ela à coluna. “Fui convidada a visitar a comunidade pelo Gilson Rodrigues, que é líder comunitário e considerado o ‘prefeito de Paraisópolis’. Danada.

Gente é pra brilhar

Termina nesta sexta (20) o prazo para músicos, cantores e bandas se inscreverem no Festival Canta SP, do Memorial da América Latina. No dia 18 de dezembro serão anunciados os dois artistas vencedores, que irão ganhar a gravação de um clipe profissional e um show ao vivo no Auditório Simón Bolívar, além de divulgação na rádio Nova Brasil FM e nas revistas IstoÉ e Rolling Stone. Os dois vencedores serão premiados também com o Troféu Zuza Homem de Mello, em homenagem ao musicólogo, que seria o presidente da comissão julgadora do Festival, mas que faleceu no início de outubro. Agora, o júri é formado por João Marcello Bôscoli, Sérgio Britto, Paula Lima e Felipe Machado. Para se inscrever é só clicar aqui. Bora?

Miguel Arcanjo Prado é jornalista, mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela ECA-USP e bacharel em Comunicação Social pela UFMG. Eleito três vezes pelo Prêmio Comunique-se um dos melhores jornalistas de Cultura do Brasil. Nascido em Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. É crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Passou por Globo, Record, Folha, Contigo, Editora Abril, Gazeta, Band, Rede TV e UOL, entre outros. Desde 2012, faz o Blog do Arcanjo, referência no jornalismo cultural. Em 2019 criou o Prêmio Arcanjo de Cultura no Theatro Municipal de SP. Em 2020, passou a ser Coordenador de Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro e começou o Podcast do Arcanjo em parceria com a OLA Podcasts. Foto: Bob Sousa.

Siga @miguel.arcanjo

Ouça o Podcast do Arcanjo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *