Memória do Teatro: Hermanas Son las Tetas, 2015

Liza Caetano e Lauanda Varone na peça Hermanas Son las Tetas, de Juan Manuel Tellategui, em 2015 – Foto: Eduardo Enomoto – Blog do @miguel.arcanjo

Por Miguel Arcanjo PradoFoto Eduardo Enomoto

Uma amava a efêmera glória da fama. A outra queria um mergulho cênico-intelectual profundo. Duas irmãs atrizes rivais e de estilos completamente diferentes eram o coração pulsante, e altamente irônico, da peça Hermanas Son Las Tetas, escrita e dirigida por Juan Manuel Tellategui, artista argentino radicado em São Paulo que celebrou seus 20 anos de carreira no teatro com este espetáculo protagonizado pelas atrizes Lauanda Varone e Liza Caetano. A temporada em 2015, na Sala Alberto Guzik da SP Escola de Teatro, ainda contou com 12 diferentes performers especialmente convidados para encerrar cada sessão. A obra ainda participou do Festival de Teatro de Curitiba e da Satyrianas.

Sobre a montagem, o blog La Poderosa escreveu: “O espetáculo traz uma história da rotina teatral dentro do próprio teatro, além de flertar com o próprio cinema […] As personagens vivem situações reais de quem tenta achar o lugar ao sol nos palcos do teatro. Dilemas que são permeados de humor ácido, unindo drama e comédia. O colorido do figurino e a tensão forte da relação entre as duas mulheres casa bem com as personagens de um filme do espanhol Pedro Almodóvar. O desgaste entre o duo também dialoga com o filme O Que Terá Acontecido a Baby Jane?”. Na época, aplaudiram o espetáculo nomes como as atrizes Phedra D. Córdoba, Lucia Capuani, Marba Goicochea e Cléo De Páris, os atores Ivam Cabral e Zécarlos de Andrade, o então presidente da APCA, José Henrique Fabre Rolim, os jornalistas Lidiane Shayuri e Michael Keller e os diplomatas do Consulado da Argentina em São Paulo Gabriel Rivera e Ana Peñaloz.

Imagem do abre: As atrizes Liza Caetano e Lauanda Varone na peça Hermanas Son las Teatas, de Juan Manuel Telaltegui. Foto: Eduardo Enomoto – Arquivo Blog do @miguel.arcanjo

Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto – Blog do Arcanjo
O autor e diretor de Hermanas Son las Tetas, Juan Manuel Tellategui, à frente da equipe do espetáculo, após sessão no Festival Satyrianas de 2015 – Foto: Eduardo Enomoto – Blog do @miguel.arcanjo

Hermanas son las Tetas

Hermanas Son las Tetas
Quando: De 02/10 a 25/10/2015 – Sextas e Sábados às 21h30; Domingos às 18h
Texto e direção: Juan Manuel Tellategui
Com Lau Varone e Liza Caetano

Sinopse: “Imagine um ano na vida de duas irmãs. De crianças, foram meninas prodígio. Hoje, são obrigadas a conviver, dependendo uma da outra. Agora, imagine duas atrizes que representam confrontos ideológicos nos quais já não mais acreditam. Imagine que realidade e ficção se misturam, abrindo caminho ao “entre”. A vida já não é do jeito que ela é, mas, sim, como se apresenta nos sonhos…”

12 performers convidados
02/10 – Will Nygma
03/10 – Eloy De Mello Nunes
04/10 – Rodrigo Sampaio
09/10 – Zé Alberto Martins
10/10 – Savio Andrade
11/10 – Natã M. Queiroz
16/10 – Dan Oli
17/10 – Alphio Solar
18/10 – Andrew Persí
23/10 – Glaucivan Gurgel
24/10 – André Lino
25/10 – Régis Schazzitt

Serviço: SP Escola de Teatro – Sala Alberto Guzik
(praça Franklin Roosevelt, 210, Consolação, metrô República, São Paulo, SP)
50 lugares
Reservas: 3775-8600
R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada)
Classificação: 12 anos

Vozes em off: Dione Leal, Gustavo Ferreira, Quim Gama, Rodolfo García Vázquez; André Latorre, Lucimar De Santana, Marina T. Francisco, Maurício Mangini, Zecarlos De Andrade
Gravação das vozes em off: Renato Navarro e Juan Manuel Tellategui
Locução de abertura: Diego Herrera
Figurino e Cenografia: Las Tetas Cia. de Teatro
Desenho de luz: Osvaldo Steavnv e Flávia Servidone
Operação de luz: Clara Caramez, Flávia Servidone, Osvaldo Steavnv e Warllen Martins
Fotos de cena: Eduardo Enomoto
Fotos de estúdio: Abner Felix

Siga @miguel.arcanjo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *