Racismo: comentarista branco manda jogador negro ‘pra senzala’

Por Miguel Arcanjo Prado

Fabio Benedetti, conhecido como Chef Benedetti, cometeu racismo ao vivo, mandando um jogar negro “pra senzala”, no programa esportivo Estádio 97, da rádio Energia 97 FM de São Paulo, durante a transmissão do jogo Santos e Ponte Preta pelo Paulistão nesta quinta (30).

Chef Benedetti, que é branco e costuma participar de programas de TV e de rádio, chamou o jogador negro Marinho, do Santos, que havia sido expulso da partida, de “burro” e afirmou que diria para ele: “você está na senzala”. O jogador chorou em vídeo ao comentar a fala de Benedetti e disse que “a Justiça não pune esses caras”. Já o chef se desculpou, alegando que “falou besteira”.

Leia também: Colunista erra ao ensinar Beyoncé como representar negros

Para agravar ainda mais a situação, a declaração racista do Chef Benedetti foi feita no mesmo programa em que participa o premiado repórter e comentarista esportivo negro Ademir Quintino.

O Blog do Arcanjo mostra a seguir trecho de vídeo com a fala do Chef Benedetti, como foi ao ar no programa Estádio 97 da Energia 97 FM.

Siga @miguel.arcanjo

Jogador chora: ‘É horrível’

O jogador Marinho chorou em vídeo na internet para falar sobre o racismo do qual foi vítima. “Por isso eu brigo pela causa, porque quando a gente passa na pele é horrível. Pessoas que não tem voz ativa passam [coisas] piores. E a Justiça não pune esses caras”. Veja a declaração do jogador.

‘Falei besteira’, diz Chef Benedetti ao se desculpar

Minutos depois, ainda com o jogo em andamento, Chef Benedetti pediu a palavra no mesmo programa para se desculpar por sua fala sobre Marinho.

“Rapidinho, que eu falei uma besteira um minuto atrás. Eu falei uma expressão que eu não deveria ter usado, sem nenhum sentido aí o que eu falei. Não foi no sentido que pode ser parecido. Segue o jogo, me desculpa aí, mas não tem nada a ver o que eu falei, tá bom?”, afirmou no ar.

Veja o pedido de desculpas de Chef Benedetti:

A emissora de rádio Energia 97 FM retirou a íntegra do jogo do Santos contra a Ponte Preta, que trazia o comentário de Chef Benedetti, de seu canal no YouTube, ao contrário dos outros jogos das Quartas de Final do Paulistão, que permanecem disponíveis. Depois, publicou nota de repúdio.

Chef Benedetti também gravou vídeo em seu Instagram para se desculpar pelo racismo que cometeu contra Marinho. Veja:

O Santos também se pronunciou sobre o caso.

Siga @miguel.arcanjo



Você pode gostar...

1 Resultado

  1. 03/08/2020

    […] o artigo, mais do que criticar Beyoncé, revela o próprio racismo estrutural nele contido.Leia também: Comentarista branco manda jogador negro ‘pra senzala’Como não poderia deixar de ser, as reações na internet são calorosas […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *