4 teatros de SP que precisam da sua ajuda para sobreviverem

Grupo Tapa, Teat(r)o Oficina, Espaço Cia. da Revista e Espaço dos Parlapatões: ameaçados de fechamento pela crise do coronavírus – Fotos: Divulgação Blog do @miguel.arcanjo

Quatro sedes em São Paulo de importantes companhias teatrais brasileiras perigam de falirem por completo devido à crise provocada pelo novo coronavírus.

Afinal, os teatros foram os primeiros a fechar as portas e, pelo jeito, serão os últimos a reabri-las — apesar de igrejas já estarem lotadas (este colunista não consegue até hoje compreender a diferença de um culto repleto de fiéis para uma sala teatral lotada de espectadores, mas isso é tema para outro texto).

O que importa agora é que o Grupo Tapa, o Espaço Cia. da Revista, o Espaço dos Parlapatões e o Teat(r)o Oficina já não têm mais como pagarem seus boletos nem manterem seus talentosos artistas. Assim, correm o risco de deixarem de existir.

A seguir, o Blog do Arcanjo mostra como você pode ajudar estes patrimônios culturais do teatro paulistano e brasileiro a sobreviverem a este duro período, contribuindo em suas respectivas campanhas de arrecadação de fundos. Se tiver condições, ajude. Caso não tenha, divulgue. A cultura, tão maltratada neste Brasil, agradece.

Grupo Tapa
O tradicional grupo de teatro dramático e clássico dirigido por Eduardo Tolentino de Araújo precisa de ajuda para manter sua sede em um velho casarão na Barra Funda. Doações podem ser feitas neste link.

Espaço Cia da Revista
O grupo dedicado à linguagem da revista e que abre sua sede para jovens artistas precisa de ajuda para não fechar as portas de seu teatro no bairro paulistano dos Campos Elíseos. Ajude a Revista neste link.

Espaço dos Parlapatões
A sede da companhia circense sob comando de Hugo Possolo e Raul Barretto precisa de apoio para não fechar suas portas na praça Roosevelt. Por Possolo ser o atual secretário de Cultura de São Paulo, o grupo está impedido de concorrer a editais públicos. Como alternativa, está vendendo máscaras para levantar caixa. Ajude o Parlapatões neste link.

Teat(r)o Oficina
A mais longeva companhia teatral brasileira, que completa 62 anos de atividades sob comando de José Celso Martinez Corrêa está sem patrocínio e não tem como manter sua sede no Bixiga nem como pagar seus mais de 60 profissionais. Saiba como ajudar o Oficina neste link.

Siga @miguel.arcanjo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *