CNN Brasil chega ao 1º mês como vice-líder na TV paga

Em seu primeiro mês no país, a CNN Brasil tem o que comemorar. O canal já ocupa vice-liderança na TV paga em São Paulo, principal praça comercial brasileira, na faixa das 7h às 24h.

O canal estreou em 15 de março, em pleno começo da pandemia do novo coronavírus no Brasil. Desde então, fez mais 500 horas de jornalismo ao vivo, uma média de 17 horas por dia, com 0,7 de média na audiência. Só o âncora Reinaldo Gottino ficou 140 horas ao vivo.

“Estamos ao lado dos brasileiros neste momento difícil. A CNN Brasil nasceu no momento em que nosso país mais precisou de um canal de informação. Durante dois anos preparando esse projeto, sonhei muitas vezes em como seria a nossa estreia, mas nunca imaginei que seria exatamente no início da pior crise que a nossa geração já enfrentou. Colocar uma operação dessas para funcionar já é bastante complicado em condições normais, imagine com todas as dúvidas e preocupações causadas pela pandemia”, diz Douglas Tavolaro, CEO e founder da CNN Brasil. “Os resultados de audiências não são nossa maior conquista. O mais importante é a construção de relevância do canal e saber que a marca CNN está ganhando a confiança do público e se consolidando entre os brasileiros”, complementa Tavolaro.

Entre os dias 15 de março e 12 de abril, segundo dados consolidados do Kantar Ibope Media, a CNN alcançou a vice-liderança geral da TV paga na principal praça do país ao registrar 0,7 de média. E mais: durante quase 100 horas, o canal ocupou a liderança na Grande São Paulo em diferentes faixas horárias do dia. Segundo dados consolidados do Kantar Ibope Media, a CNN ficou em primeiro lugar entre os canais de jornalismo na Grande São Paulo por 5.965 minutos (3.186 minutos na liderança isolada e 2.779 minutos empatados). No Painel Nacional de TV, que abrange o resultado em 15 mercados do país, foram 909 minutos na liderança entre os jornalísticos (731 minutos na liderança isolada e 178 minutos empatados).

A CNN Brasil faz bonito também nas plataformas digitais. Seu site conta com mais de 5 milhões de visitantes únicos. As redes sociais passaram de 1 milhão para mais de 2 milhões de seguidores desde a estreia. Foram mais de 150 mil downloads de podcasts. Além disso, mais de 2,5 milhões de pessoas acompanharam a programação da CNN ao vivo pelo streaming. Somando o site e perfis em redes sociais, o canal teve mais de 20 milhões de pageviews no período. 

“Somos multiplataforma de verdade. Estamos avançando em oferecer ao público e às agências de publicidade produtos e serviços com a marca CNN nas mais diferentes telas. A vantagem é que já nascemos digitais. Temos conteúdo e programas que nem vão para a TV, rodam só na internet. No nosso aplicativo ‘CNN BRASIL GO’ vamos oferecer todos nossos produtos on demand”, acrescenta o CEO.

Siga @miguel.arcanjo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *