Satyros faz maratona de três peças para se despedir de 2019

Protagonizada por Ivam Cabral, à frente do elenco, Mississipi abre maratona de três peças com as quais o Satyros dá adeus a 2019, ano em que completou 30 anos de existência – Foto: Andre Stefano – Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo UOL

Um dos mais emblemáticos grupos teatrais brasileiros, a Cia. de Teatro Os Satyros faz uma maratona nesta semana para se despedir com gosto de 2019, ano em que completou 30 anos de existência. A trupe fundada por Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez agendou três peças. Tudo começa com “Mississipi”, montagem celebrativa que mostra o cotidiano da praça Roosevelt nos dias atuais, escrita pela dupla de fundadores do grupo, que fará última sessão nesta terça (17), 21h, no Espaço dos Satyros Um (praça Roosevelt, 214). Já na quinta (19), às 21h, no Estação Satyros (praça Roosevelt, 134), tem o clássico “Os 120 Dias de Sodoma”, com os donos do poder fazendo as piores torturas sexuais com jovens virgens, na adaptação de Vázquez da obra do francês Marquês de Sade. Já na sexta (20), às 21h, o Satyros se junta a seu público em “Uma Peça para Salvar o Mundo”, também de Ivam e Rodolfo, na qual os espectadores são os protagonistas e são incentivados a atuar junto do elenco da trupe. Melhor forma de terminar o ano de festa não há. Ah, em todos os espetáculos a entrada é pague quanto puder a partir de R$ 5. Vai perder?

Siga @miguel.arcanjo

Clássico do Satyros, Os 120 Dias de Sodoma tem jovens atores do Satyros interpretando vítimas abusadas por poderosos aristocratas – Foto: Andre Stefano – Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo UOL

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Cia. de Teatro Os Satyros (@ossatyros) em

Você pode gostar...