Vencedores do 7º Prêmio Bibi Ferreira homenageiam Fernanda Montenegro

A atriz Alessandra Maestrini, apresentadora do 7º Prêmio Bibi Ferreira, posa para a Coluna Miguel Arcanjo no camarim do Teatro Renault – Foto: Bruno Poletti – @miguel.arcanjo UOL

Fernanda Montenegro foi o nome mais citado no palco pelos vitoriosos do 7º Prêmio Bibi Ferreira, na noite desta terça (24), no Teatro Renault, em São Paulo. Mesmo não estando na cerimônia, apresentada pela dupla Alessandra Maestrini e Miguel Falabella, a única atriz brasileira indicada ao Oscar, pelo filme “Central do Brasil”, foi lembrada às vésperas de completar 90 anos no próximo dia 16 de outubro em vários discursos diante da perseguição e desrespeito que seu nome vem sofrendo por nomes da extrema direita. Outro nome lembrado já no discurso de Fábio Assunção, eleito melhor ator coadjuvante em peça de teatro por “Dogville”, foi da menina Agatha Félix, que foi assassinada pela polícia no Rio aos oito anos na última semana, também gerando indignação nacional.

Veja fotos dos bastidores do 7º Prêmio Bibi Ferreira

A noite com roteiro de Marllos Silva, direção de Rogério Matias e direção musical de Jorge de Godoy foi de reafirmação da resistência e da sobrevivência do teatro brasileiro em tempos de grande perseguição à cultura por parte do poder público federal. Em seu discurso, Marllos Silva, idealizador do Prêmio Bibi Ferreira, lembrou a importância econômica do teatro não só para cidade de São Paulo como também para o Estado e o País, lembrando que estudo da Fundação Getúlio Vargas divulgado pela Sociedade Brasileira de Teatro Musical mostrou que a categoria movimenta a economia em mais de R$ 1 bilhão, gerando praticamente 13 mil postos de trabalho.

O ator Miguel Falabella se prepara no camarim do Teatro Renault para apresentar o 7º Prêmio Bibi Ferreira – Foto: Bruno Poletti – Coluna @miguel.arcanjo UOL

Marllos recordou que a perseguição que o setor vem sofrendo, sobretudo pelas mudanças impostas na lei de incentivo federal, podem tirar o sustento de milhares de famílias de toda uma complexa cadeia econômica que se mantém com os grandes espetáculos, que vai desde o setor de turismo, transporte, serviços, comunicação e logística, entre outros. Marllos ainda agradeceu José Vinicius Toro e Lior Berlovich pela ajuda para a realização desta edição: “Eles carregam essa cerimônia nas costas”. Entre outros, ainda citou Grazy Pisacane, responsável pela comunicação da premiação: “A gente venceu”.

“Falando apenas das 45 produções que participam desta edição, juntas elas geraram mais de 3.600 empregos diretos, mais de 12 mil empregos indiretos, todos profissionais que pagaram seus impostos e tiveram oportunidade de oferecer às suas famílias uma vida mais digna”, pontuou o criador do Prêmio Bibi Ferreira.

Marllos Silva, criador do Prêmio Bibi Ferreira, ao lado do produtor José Vinicius Toro nos bastidores do Teatro Renault – Foto: Bruno Poletti – Coluna @miguel.arcanjo UOL

“Nos últimos sete anos São Paulo se tornou o maior mercado de teatro musical da América Latina e viu os teatros voltarem a ter grandes plateias e se tornarem pontos turísticos da cidade, movimentando só no ano passado no teatro musical mais de R$ 1 bilhão. As mudanças impostas pelo governo às leis de incentivo vão decretar o fim de toda uma cadeia produtiva, econômica e cultural. Não perde só o teatro, os artistas produtores, os técnicos, camareiras, costureiras. Não são só eles quem perdem, perdem os restaurantes, perde o hotel , perde o taxista, o pipoqueiro, a agência de publicidade, o estacionamento aqui do lado, o supermercado, a gráfica, o patrocinador e o mais importante: o público é o que mais perde. Um país sem cultura é um país sem identidade, promover cultura é promover a soberania nacional”, falou, em discurso, sendo fortemente aplaudido.

O idealizador Marllos Silva durante seu discurso no 7º Prêmio Bibi Ferreira no Teatro Renault – Foto: Manuela Scarpa/Brazil News – Coluna @miguel.arcanjo UOL

A Coluna Miguel Arcanjo no UOL acompanhou de perto a grande festa do teatro como um todo e seus bastidores pelo olhar do fotógrafo Bruno Poletti. Este ano a premiação abarcou pela primeira vez não só musicais como também peças de teatro tradicionais. “Uma comunidade que gera emprego, paga impostos e gera renda para o país. São Paulo é a capital do teatro na América Latina. Este evento tem como principal objetivo derrubar muros e construir pontes”, falou Marllos Silva.

Lúis Miranda, eleito melhor ator em peça de teatro junto de Mateus Solano: “Momento é de união” – Foto: Bruno Poletti – Coluna @miguel.arcanjo UOL

Premiado como melhor ator em peça de teatro ao lado de Mateus Solano, Luís Miranda afirmou que o momento é de união, conclamando a classe artística a não acreditar em rivalidades internas. As atrizes Tuna Dwek e Inah de Carvalho, respectivamente melhor atriz coadjuvante em peça de teatro por “A Noite de 16 de Janeiro” e em musical por “Billy Elliot”, fizeram discursos emocionados e bastante aplaudidos e lembraram que enfrentaram uma ditadura e não gostariam de reviver tal situação.

Veja os looks do Prêmio Bibi Ferreira

Larissa Manoela e Ingrid Guimarães “protegem” Larrisa Luz durante seu discurso de agradecimento ao prêmio de melhor atriz em musicais por Elza – Foto: Manuela Scarpa/Brazil News – Coluna @miguel.arcanjo UOL

Larissa Luz, por sua vez, eleita melhor atriz de musical por “Elza”, lembrou que artistas negros precisam de bons personagens para poderem também ocupar o palco, sendo bastante aplaudida. Renata Alvim, da T4F, que levou o prêmio do público e do júri de melhor musical para “O Fantasma da Ópera”, afirmou no palco: “Somos todos Fernanda Montenegro!”.

Integram o júri Charles Dalla, Fabiana Seragusa, Jamil Dias, Luiz Amorim, Miguel Arcanjo Prado, Rogério Matias e Ubiratan Brasil. Veja, abaixo, a lista completa de quem estava indicado e de quem venceu, em negrito, o 7º Prêmio Bibi Ferreira.

Alessandra Maestrini e Miguel Falabella foram os mestres de cerimônia do 7º Prêmio Bibi Ferreira no Teatro Renault – Foto: Manuela Scarpa/Brazil News – Coluna @miguel.arcanjo UOL

PREMIADOS  NO 7° PRÊMIO BIBI FERREIRA

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM PEÇA DE TEATRO

  • Fábio Assunção – Dogville
  • Fábio Espósito – Baixa Terapia
  • Felipe Bragança – O Leão no Inverno
  • Ricardo Gelli – Visitando o Sr. Green
  • Sidney Santiago – O Leão no Inverno

 

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM PEÇA DE TEATRO

  • Ester Laccava – Uísque e Vergonha
  • Georgette Fadel – Molière
  • Ilana Kaplan – Baixa Terapia
  • Tuna Dwek – A Noite de 16 de Janeiro
  • Camila dos Anjos – O Leão do Inverno

 

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM MUSICAIS

  • Carol Badra | As Cangaceiras – Guerreiras do Sertão
  • Carol Bezerra | Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812
  • Inah de Carvalho | Billy Elliot
  • Ingrid Guimarães | Annie – O musical
  • Lia Canineu | Sunset Boulevard

 

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM MUSICAIS

  • Érico Brás | O Frenético Dancin’ Days
  • Fred Silveira | O Fantasma da Ópera
  • Marco França | As Cangaceiras – Guerreiras do Sertão
  • Pedro Arrais | As Cangaceiras – Guerreiras do Sertão
  • Thiago Machado | Tick, Tick… Boom

 

MELHOR FIGURINO EM MUSICAIS

  • Marco Pacheco e Lígia Rocha | Billy Elliot
  • Fause Haten | Sunset Boulevard
  • Zé Henrique de Paula | Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812

 

MELHOR FIGURINO EM PEÇAS DE TEATRO 

  • João Pimenta | Dogville
  • Karen Brustolin | O Mistério de Irma Vap
  • Ronaldo Fraga | A Visita da Velha Senhora

 

MELHOR CENOGRAFIA EM MUSICAIS

  • Matt Kinley | Annie – O Musical
  • Matt Kinley | Sunset Boulevard
  • Michael Carnahan | Billy Elliot

 

MELHOR CENOGRAFIA EM PEÇA DE TEATRO

  • Kleber Montanheiro – Um Beijo para Franz Kafka
  • Marco Lima – Num Lago Dourado
  • Marco Lima – O Mistério de Irma Vap
  • MELHOR FIGURINO EM PEÇA DE TEATRO
  • João Pimenta – Dogville
  • Karen Brustolin – O Mistério de Irmã Vap
  • Ronaldo Fraga – A Visita da Velha Senhora

 

MELHOR VISAGISMO EM MUSICAIS

  • Beto França e Feliciano San Roman | Sunset Boulevard
  • Uirandê de Holanda | Elza Musical
  • Eliseu Cabral | Billy Elliot

 

MELHOR DESENHO DE LUZ EM MUSICAIS

  • Corry Pattack | Sunset Boulevard
  • Mike Robertson | Billy Elliot
  • Renato Machado | Elza Musical

 

MELHOR DESENHO DE LUZ EM PEÇA DE TEATRO

  • Caetano Vilela | O Leão no Inverno
  • Cesar Pivetti | O Mistério de Irma Vap
  • Fran Barros | Dogville


MELHOR DESENHO DE SOM EM MUSICAIS

  • Tocko Michelazzo | Sunset Boulevard
  • Gabriel D’Angelo | Annie – O Musical
  • Gabriel D’Angelo | Aparecida – Um Musical

 

MELHOR ARRANJO ORIGINAL EM MUSICAIS

  • Letieres Leite | Elza Musical
  • Jules Vandystadt | 70? Década do Divino Maravilhoso – Doc. Musical
  • Tony Lucchesi | Nelson Gonçalves – O Amor e o Tempo

 

MELHOR LETRA E MÚSICA EM MUSICAIS

  • Carlos Bauzys e Ricardo Severo | Aparecida – O Musical
  • Fernanda Maia e Newton Moreno | As Cangaceiras – Guerreiras do Sertão
  • Elton Towersey e Vitor Rocha | Se Essa Lua Fosse Minha


MELHOR COREOGRAFIA EM MUSICAIS

  • Deborah Colker e Jacqueline Motta | O Frenético Dancin’ Days
  • Gabriel Malo | Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812
  • Katia Barros | Annie – O Musical

 

MELHOR DIREÇÃO MUSICAL EM MUSICAIS

  • Antonia Adnet, Larissa Luz e Pedro Luis | Elza Musical
  • Fernanda Maia | As Cangaceiras – Guerreiras do Sertão
  • Fernanda Maia | Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812
  • Carlos Bauzys | Sunset Boulevard
  • Daniel Rocha | Annie – O Musical

 

VOTO  POPULAR

  • O Fantasma da Ópera

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL EM MUSICAIS

  • Newton Moreno | As Cangaceiras – Guerreiras do Sertão
  • Vinícius Calderoni | Elza Musical
  • Vitor Rocha | Se Essa Lua Fosse Minha

 

MELHOR DRAMATURGIA EM PEÇA DE TEATRO

  • Julia Spadaccini – A Porta da Frente
  • Michele Ferreira – Uísque e Vergonha

 

MELHOR VERSÃO EM MUSICAIS

  • André Loddi e Leandro Luna | Pacto – A História de Leopold e Loeb
  • José Henrique de Paula e Fernanda Maia | Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812
  • Mariana Elisabetsky e Victor Mühletahler| Billy Elliot

 

MELHOR DIREÇÃO EM PEÇA DE TEATRO

  • Diego Fortes – Molière
  • Fernando Philbert – O Escândalo de Philippe Dussaert
  • Jorge Farjalla – O Mistério de Irma Vap
  • Jô Soares – A noite de 16 de Janeiro
  • Zé Henrique de Paula – Dogville

 

REVELAÇÃO EM MUSICAIS

  • Pedro Sousa, Richard Marques, Tiago Fernandes | Billy Elliot
  • Luiza Gattai, Maria Clara Rossis, Sienna Belle | Annie – O Musical
  • Felipe Costa, Paulo Gomes, Tavinho Canalle | Billy Elliot
  • Cia Nissi | Rua Azusa

 

MELHOR ATOR EM MUSICAIS

  • André Frateschi | Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812
  • André Loddi | Pacto – A História de Leopold e Loeb
  • Beto Sargentelli | Os Últimos 5 Anos
  • Gabriel Leone | Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812
  • Leandro Luna | Pacto – A História de Leopold e Loeb

 

MELHOR ATRIZ EM MUSICAIS

  • Amanda Acosta | As Cangaceiras – Guerreiras do Sertão
  • Bruna Guerin | Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812
  • Jullie | Nelson Gonçalves – O Amor e o Tempo
  • Larissa Luz | Elza Musical
  • Luci Salutes | Se Essa Lua Fosse Minha

 

MELHOR ATOR EM PEÇA DE TEATRO

  • Luis Miranda – O Mistério de Irma Vap
  • Marcos Caruso – O Escândalo do Philippe Dussaert
  • Mateus Solano – O Mistério de Irma Vap
  • Rodrigo Lombardi – Um Panorama Visto da Ponte
  • Sérgio Mamberti – Visitando o Sr. Green

 

MELHOR ATRIZ EM PEÇA DE TEATRO

  • Denise Fraga – A Visita da Velha Senhora
  • Mel Lisboa – Dogville
  • Nathalia Timberg – Através da Iris
  • Suely Franco – Quarta-Feira, Sem Falta, Lá em Casa
  • Vivianne Pasmanter – Amor Profano

 

MELHOR PEÇA

  • A Visita da Velha Senhora – NIA Teatro
  • Baixa Terapia – Teatro em Família
  • Dogville – Núcleo Experimental
  • Um Panorama Visto da Ponte – Mamberti Produções e Geradora Teatral
  • O Escândalo de Philippe Dussaert – Porca Miséria e Galeria de Arte CorMovimento
  • O Mistério de Irma Vap – Super Amigos Produções e Bricabraque Produções Culturais, Teto Cultura

 

MELHOR MUSICAL BRASILEIRO

  • As Cangaceiras – Guerreiras do Sertão | Velloni Produções, FIESP e SESI
  • 70? Década do Divino Maravilhoso – Doc. Musical | Brain +
  • Elza Musical | Sarau Agência de Cultura Brasileira
  • Nelson Gonçalves, O Amor e o Tempo – O Musical | Luar de Abril
  • Se Essa Lua Fosse Minha | Lumus Entretenimento

 

MELHOR MUSICAL

  • Annie – O Musical| Atelier de Cultura
  • As Cangaceiras – Guerreiras do Serão | Velloni Produções, FIESP, SESI
  • Billy Elliot | Atelier de Cultura
  • Elza Musical | Sarau Agência de Cultura Brasileira
  • Natasha, Pierre e O Grande Cometa de 1812 | Move Concerts e Firma de Teatro
  • O Fantasma da Ópera | T4F Entretenimento
  • Sunset Boulevard | IMM e EGG Entretenimento

Siga @miguel.arcanjo

Veja fotos dos bastidores do 7º Prêmio Bibi Ferreira

Você pode gostar...