SBT chama travesti de ‘homem mais feio’ em telejornal

A travesti Bebel ao lado do repórter Nilson Fagata, da TV Jangadeiros, afiliada do SBT do Ceará – Foto: Reprodução – Blog do @miguel.arcanjo – UOL

O SBT chamou de homem a travesti Bebel, de Sobral, no Ceará, em reportagem exibida na manhã desta sexta (21) no telejornal matutino “Primeiro Impacto”, apresentado por Marcão do Povo.

Bebel participou do concurso “O Homem Mais Feio do Ceará” e, mesmo estando vestida e maquiada de acordo com o gênero com o qual se identifica, o feminino, ela se saiu vencedora da disputa masculina.

O autor da matéria, o repórter Nilson Fagata, da TV Jangadeiros, afiliada do SBT no Ceará, sequer tocou no assunto que seria a real notícia: o fato de uma travesti participar de um concurso masculino de feiura e ainda vencê-lo, mesmo não se identificando socialmente com o gênero em questão, ao contrário dos outros concorrentes.

A reportagem, tampouco o concurso ou a emissora, em momento algum problematizou o fato de Bebel ser uma mulher trans, preferindo tratá-la como apenas mais um homem que participou do concurso.

Contudo, ironicamente, a chamada de texto da reportagem dizia: “Quem será o homem mais feio do Ceará? Travesti ‘Bebel’ é a grande vencedora!”.

A reportagem foi exibida justamente na semana em que a sociedade é convidada a refletir sobre o respeito à diversidade sexual, já que neste domingo (23) é realizada a Parada do Orgulho LGBT+ em São Paulo, a maior do mundo, que contará até com a estrela internacional Mel C, do grupo inglês Spice Girls.

No dia 13 deste mês, a comunidade LGBT+ comemorou a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que decidiu criminalizar a homofobia, equivalendo a mesma ao crime de racismo.

Mesmo usando saia e maquiagem, a travesti Bebel foi apresentada pelo SBT como um homem que participava do concurso masculino de feiura no Ceará, sem que se problematizasse essa questão – Foto: Reprodução – Blog do @miguel.arcanjo – UOL

Siga @miguel.arcanjo no Instagram

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Miguel Arcanjo Prado (@miguel.arcanjo) em

Você pode gostar...