“Chaplin, o Musical” volta a SP em curta temporada

Jarbas Homem de Mello como Carlitos em “Chaplin, o Musical” – Foto: Pedro Dimitrow – Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

Um dos mais geniais nomes do cinema, Charles Chaplin (1889-1977) volta a ter sua vida encenada em “Chaplin, o Musical”.

A obra tem o ator Jarbas Homem de Mello no papel-título, além de produção de Claudia Raia e versão de Miguel Falabella.

O espetáculo voltou ao cartaz no Theatro Net São Paulo, no Shopping Vila Olímpia, onde pode ser visto em curta temporada até 25 de novembro: quinta e sexta, 21h, sábado, 17h e 21h, e domingo, 18h, com entrada entre R$ 38,50 (meia) a R$ 150 (inteira).

Jarbas comemora a volta da superprodução, na qual vive o intérprete de Carlitos dos 13 aos 82 anos: “Acho que fizemos uma temporada curta da última vez e devíamos isso ao público. Encerramos as apresentações em 2015 com a casa lotada”.

Myra Ruiz, Jarbas Homem de Mello, Juan Alba e Paulo Goulart Filho estão em “Chaplin, o Musical” – Foto: Pedro Dimitrow – Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

Além dele, a montagem conta com outras estrelas dos palcos paulistanos na pele de pessoas importantes na vida do lendário ator britânico.

Surgem na encenação seu irmão Sidney (Juan Alba), com quem tinha uma relação de cumplicidade; a mãe, Hannah (Naíma), talentosa cantora de teatro; Oona O’Neil (Myra Ruiz), sua quarta e última esposa; a colunista e crítica ferrenha Hedda Hooper (Helga Nemeczyk); Fred Karno (Julio Assad), empresário do Music Hall londrino; e Mack Sennett (Paulo Goulart Filho), fundador dos estúdios Keystone e responsável pela estreia de Chaplin no cinema.

Siga Miguel Arcanjo Prado no Instagram

Please follow and like us:
Vingança, O Musical é aplaudido por estrelas Longa Jornada Noite Adentro é aplaudida por famosos Marina Sena fala do 2º álbum Orgulho LGBT+ 5 peças em São Paulo Parada do Orgulho LGBT+ bate recorde com 4 milhões de pessoas