O Retrato do Bob: Jaloo, o mutante musical cosmopolita do Pará

O cantor Jaloo – Foto: Bob Sousa – Blog do Arcanjo – UOL

Aos 30 anos, Jaloo saboreia o sucesso. Novidade na efervescente música do Pará, propondo mistura de ritmos autóctones com batidas eletrônicas, o jovem natural de Castanhal, nos arredores de Belém, atualmente radicado em São Paulo, cada vez ocupa espaço mais nobre no cenário artístico nacional. Foi com o equilíbrio de sua mistura de confiança e docilidade que posou para fotógrafo Bob Sousa para o Blog do Arcanjo no UOL. Com seu refinado visual que revisita a androginia, jogando-a em um mesmo caldeirão que abarca ainda o glam rock e a psicodelia, o cantor estreou nesta sexta (10) novo show no palco do Sesc Ipiranga, em São Paulo, onde vai repetir a apresentação na noite deste sábado (11), às 21h. Além de passear por canções de seu disco de estreia, “#1”, dirigido pelo já histórico produtor musical Carlos Eduardo Miranda, ele apresenta novas músicas já reservadas para seu próximo disco, “ft”, a ser lançado até o fim do ano e repleto de participações especiais. Afinal, Jaime Melo Maciel Jr., o Jaloo, é uma espécie de diálogo musical cosmopolita ambulante: potente e em constante mutação.

Bob Sousa é fotógrafo, mestre em artes cênicas pela Unesp e crítico de artes visuais da APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes). Semanalmente, ele retrata com exclusividade para o Blog do Arcanjo no UOL grandes nomes da Cultura e das Artes.

Siga Miguel Arcanjo Prado

Você pode gostar...