Anima Mundi anuncia filmes vencedores após atrair 40 mil pessoas

Tito e os Pássaros foi eleito Melhor Longa Infantil pelo público do Anima Mundi 2018 – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

Os filmes “The Breadwinner” e o nacional “Tito e os Pássaros” foram eleitos, respectivamente, Melhor Longa e Melhor Longa Infantil da edição de 2018 do Anima Mundi.

O festival chegou ao fim neste domingo (5). Ao longo de 14 dias, a edição que celebrou os 26 anos do evento atraiu cerca de 40 mil pessoas, segundo os organizadores.

Em cerimônia de encerramento realizada no Memorial da América Latina, em São Paulo, os diretores Aída Queiroz, Cesar Coelho, Léa Zagury e Marcos Magalhães anunciaram os vencedores eleitos pelo Júri Popular nas categorias: Melhor Curta de Estudante, Melhor Curta Infantil; Melhor Curta Brasileiro e Melhor Curta.

Os longas-metragens foram premiados pela média da votação dos públicos de Rio de Janeiro e São Paulo, com um prêmio único para cada categoria: Melhor Longa Infantil e Melhor Longa.

O vencedor do Prêmio de Melhor Longa foi para “The Breadwinner”. O filme é uma coprodução entre Canadá, Irlanda e Luxemburgo, com direção de Nora Twomey e roteiro de Anita Doron. A produção narra a história de Parvana, uma jovem que vive em um Afeganistão governado pelas forças do Talibã. Quando seu pai é preso de maneira injusta, ela precisa se disfarçar de menino para trabalhar e garantir o sustento de sua família.

Já “Tito e os Pássaros”, filme nacional dirigido por Gustavo Steinberg, Gabriel Bitar e André Catoto Dias, foi eleito o Melhor Longa Infantil. Na produção, o menino Tito é responsável, junto com seu pai, por achar a cura para uma doença que é contraída após a pessoa tomar um susto.

A programação desta edição reuniu longas e curtas para adultos, jovens e crianças de todas as idades, além de debates com ilustres convidados internacionais, exibições de videoclipes, séries para TV, exposições, games, conteúdos em realidade virtual e 360° e oficinas.

Após reunir mais de 30 mil pessoas no Rio entre os dias 21 e 29 de julho, o festival aportou em São Paulo, de 1º a 5 de agosto, com atrações exclusivas, como a masterclass do americano Kevin O’Brien, conhecido por seu trabalho como storyboard artist em “Os Simpsons”, “A Era do Gelo” (Blue Sky) e, na Pixar, onde está há 18 anos, em “Os Incríveis 1 e 2”, “Carros” e “Wall-E”, entre outros.

PREMIAÇÃO ANIMA MUNDI SÃO PAULO 2018:

JÚRI POPULAR:
Melhor Longa (R$ 5 mil) – “The Breadwinner”
Melhor Longa Infantil (R$ 5 mil) – “Tito e os Pássaros”
Melhor Curta (R$ 10 mil) – “Happiness”
Melhor Curta Brasileiro (R$ 8 mil) – “O Homem na Caixa”
Melhor Curta Infantil (R$ 5 mil) – “Lé com Cré”
Melhor Curta de Estudante (R$ 4 mil) – “ENOUGH”

Siga Miguel Arcanjo Prado

Você pode gostar...