Estreia de Transex tem emoção de Nicole Puzzi e Márcia Dailyn

As protagonistas Nicole Puzzi (à esq.) e Márcia Dailyn (à dir.) recebem a atriz convidada Leona Jhovs, que encarou o difícil desafio de ser Phedra D. Córdoba na estreia de Transex – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

Transex” ganha nova versão com a Cia. de Teatro Os Satyros em São Paulo. A histórica peça escrita e dirigida por Rodolfo García Vázquez em 2004 e que marcou a chegada do grupo à praça Roosevelt, no centro paulistano, tem releitura protagonizada por Márcia Dailyn, atual Diva da Praça Roosevelt e primeira bailarina trans do Theatro Municipal, e Nicole Puzzi, musa do cinema conhecido como pornochanchada e apresentadora do Canal Brasil, no qual faz o programa “Pornolândia”.

A peça conta a história das peripécias de duas amigas: a travesti Tereza (Márcia Dailyn) e sua amiga Marlene Bréa (Nicole Puzzi), que dividem um apartamento na praça Roosevelt. Com casa lotada, ingressos disputados praticamente a tapa e muita gente para o lado de fora, a obra estreou nesta quarta (27), com direito a choro emocionado das protagonistas ao fim.

Léo Perisatto e Márcia Dailyn em cena de Transex – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

A remontagem homenageia três artistas do elenco original e que já não mais estão entre nós: a grande diva do Satyros e da praça Roosevelt, a atriz transexual cubana Phedra D. Córdoba (1938-2016), que teria completado 80 anos neste ano, a atriz Savanah Meirelles (1972-2015), primeira travesti a integrar uma peça da trupe, e Alberto Guzik (1944-2010), importante crítico teatral brasileiro que no fim da vida atuou como ator nas peças do Satyros.

Na estreia, a atriz convidada Nicole Puzzi se emocionou bastante ao fim, ao lembrar que na plateia estavam nomes históricos do cinema paulistano feito nas décadas de 1970 e 1980 e que ficou conhecido como “pornochanchada”.

“Nós fizemos o cinema em São Paulo! Sofremos muito preconceito com esse nome de ‘pornochanchada’ e enfrentamos a ditadura! Muitos que estão aqui hoje foram presos. Fico feliz de saber que o que fizemos lá atrás foi o que possibilitou que hoje todos os corpos tivessem espaço na arte”, disse, aos prantos, sendo fortemente aplaudida de pé. Na peça, Nicole mostra potência como atriz, com uma construção de personagem segura e convincente.

Cinthia Cardoso faz a maquiagem em Nicole Puzzi antes da estreia de Transex – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

Ante de a obra começar, Rodolfo García Vázquez e Ivam Cabral, fundadores do Satyros, conversaram com o elenco e lembraram a importância de “Transex” em 2004, quando ainda não se discutia a representatividade trans nas artes e o grupo foi pioneiro ao levar travestis que haviam conhecido na praça para o palco.

Durante a temporada, vários nomes da representatividade trans e amigos da diva vão interpretar Phedra D. Córdoba em uma cena marcante da cubana em “Transex”.

A primeira a assumir a difícil e praticamente inalcançável personagem foi Leona Jhovs, em forma de singela homenagem. Ainda vão encarnar Phedra durante a temporada os artistas Maria Clara Spinelli, Thiago Mendonça, Tchaka, Edy Star, Salete Campari, Paula Cohen, Cléo De Páris, Márcia Dailyn e Juan Manuel Tellategui.

Roda com o elenco de Transex momentos antes da estreia no Satyros Um – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

“Transex” tem sessões às quartas e quintas, às 21h, até o fim de agosto, no Espaço dos Satyros Um (praça Roosevelt, 214), com entrada a R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia) e R$ 5 (moradores da Roosevelt), sendo que pessoas trans entram de graça.

O Blog do Arcanjo no UOL acompanhou a estreia e mostra como foi nas fotos de Laysa Alencar.

Leia também: Remontagem de Transex celebra Phedra D. Córdoba

Siga Miguel Arcanjo Prado

Os fundadores do Satyros, Rodolfo García Vázquez e Ivam Cabral, ao lado da atriz convidada Leona Jhovs na estreia de Transex – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

A atriz Márcia Dailyn no camarim de Transex: ela defende com segurança e picardia a travesti Teresa – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

Nicole Puzzi faz sua maquiagem antes de estrear Transex: ela mostra potência como atriz na obra do Satyros – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

O artista Guttervil Guttervil, um dos destaques do elenco de Transex com uma aparição potente no fim da peça – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

O ator Léo Perisatto no camarim de Transex – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

O ator Gustavo Ferreira, que rouba a cena com talento e segurança ao interpretar uma das travestis afrontosas de Transex – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

O ator Tiago Leal, que apresenta uma construção interessante e delicada para seu porteiro evangélico em Transex – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

O ator Silvio Eduardo, que está impagável como a travesti Jussara – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

O ator Diego Ribeiro no camarim: ele também é um dos destaques do coro de travestis de Transex – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

O ator Henrique Mello também está intenso no coro das travestis em Transex – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

A atriz Maiara Cicutt nos bastidores de Transex – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

A atriz Fernanda Kawani no camarim de Transex – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

O ator Fabio Penna no camarim de Transex – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

O ator Eduardo Chagas no camarim de Transex – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

O ator Thiago Mendonça prestigiou a estreia de Transex – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

Os atores Juan Manuel Tellategui e Patrícia Vilela prestigiaram a estreia de Transex – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

O ator André Lu também prestigiou a estreia de Transex – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

As visagistas da peça, Cinthia Cardoso e Lenin Cattai, na estreia de Transex – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

A drag Salete Campari também esteve na estreia de Transex – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

Amigo de Phedra D. Córdoba e compositor de sua música, o cantor Luiz Pinheiro foi à estreia de Transex – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

O político Carlos Giannazi também esteve na estreia de Transex – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

Colunista do UOL e crítico da APCA, o jornalista Miguel Arcanjo Prado olha para o retrato de Phedra D. Córdoba, de quem foi amigo, na porta do Satyros antes da estreia de Transex – Foto: Laysa Alencar/Satyros/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

Siga Miguel Arcanjo Prado

 

 

Você pode gostar...