Gê de Lima encerra Parada Gay e lança clipe Textura com estética negra

O cantor Gê de Lima (ao centro) com os artistas que participaram do clipe Textura: valorização da estética negra – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

O cantor paulistano Gê de Lima acaba de lançar seu novo clipe, “Textura”, gravado no centro cultural negro Aparelha Luzia, em São Paulo, com produção de Rodrigo Coelho.

Ele ainda se prepara para fazer o show gratuito de encerramento da Parada do Orgulho LGBT neste domingo (3), às 20h45, no Vale do Anhangabaú, em São Paulo, a maior do mundo.

Segundo o artista, “Textura”, chamada por ele de “clipe-manifesto” quer “transformar a dor em esperança e tornar o diálogo presente em todos os espaços”, lembrando que o trabalho pretende chamar a atenção das pessoas que “exotificam a estética negra”.

O refrão da canção diz: “Respeite meu cabelo, corpo e todos os meus traços”.

O cantor Gê de Lima – Foto: Elton Pereira/Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

“Dentro do processo de aceitação da identidade negra, a estética é parte fundamental para o reconhecimento da negritude, mas ganha outra leitura quando expressado por pessoas não negras”, fala Lima, que explica também os ritmos presentes na canção.

“‘Textura’ traz em suas batidas elementos do afrobeat, reggaeton, afoxé e tambores do candomblé, transformando-se em uma mistura de ritmos dançantes que nos transportam para uma experiência enérgica e ancestral”, afirma.

Siga Miguel Arcanjo Prado no Instagram

Veja o clipe “Textura”, de Gê de Lima:

Please follow and like us:
Jô Soares sofre censura após morte Diário de Pilar na Grécia faz temporada no Teatro das Artes em SP O Deus de Spinoza estreia no Teatro Itália Bandeirantes Teatro nos Parques percorre SP e Brasil ‘Se fosse homem, teria mais visibilidade’, diz Eloisa Vitz