Banheiro químico em porta de teatro irrita artistas; Prefeitura vai tirar

Banheiros químicos sujam fachada do Teatro do Incêndio, na Bela Vista, em SP; Prefeitura afirmou que vai retirá-los do local – Foto: Reprodução/Facebook/Marcelo Marcus Fonseca

Os artistas do grupo Teatro do Incêndio estão revoltados com a instalação de dois banheiros químicos do Carnaval bem na fachada de sua sede.

A companhia está instalada na rua Treze de Maio, 48, na Bela Vista, região central da capital paulista.

O diretor do grupo, Marcelo Marcus Fonseca, afirma que a trupe gastou muito dinheiro para arrumar a fachada do prédio, agora transformada em mictório público.

“Temos uma estreia de peça assim que acaba a folia, e essa parede ou vai estar com isso ou detonada. O lixo já se acumula todo dia ali”, protesta.

Para o arista, instalar banheiros químicos no local “é um desprezo com a fachada de um teatro”.

Procurada pelo Blog do Arcanjo do UOL, a Prefeitura de São Paulo prometeu retirar os banheiros químicos do local.

A nota enviada diz que “a comissão de Carnaval já solicitou que a empresa responsável remova os banheiros químicos do local citado pela reportagem, o que deve ocorrer ainda nesta quarta-feira (07)”.

Às 16h desta quarta (7), o diretor Marcelo Marcus Fonseca procurou o blog para dizer “que estão retirando nesse momento”.

Segundo Fonseca, duas produtoras da Prefeitura “foram muito práticas, rápidas e gentis” no contato com o grupo.

“Compreenderam a situação e entenderam o valor de não tratar a fachada de um teatro, em um casarão tombado de 1905, como esgoto. Agradeço muito”, concluiu.

Detalhe da fachada do Teatro do Incêndio antes da instalação dos banheiros químicos do Carnaval – Foto: Divulgação

Siga Miguel Arcanjo no Instagram
Curta Miguel Arcanjo no Facebook
Siga Miguel Arcanjo no Twitter

Você pode gostar...