Chico Buarque autoriza Zé Celso a remontar Roda Viva

Chico Buarque autorizou Zé Celso a montar “Roda Viva”, peça histórica de 1968 – Foto: Divulgação e Jennifer Glass/Divulgação

Por Miguel Arcanjo Prado

Zé Celso recebeu autorização de Chico Buarque, por meio de Silvia Buarque, filha do compositor, para remontar a peça “Roda Viva”.

A autorização dada por Chico Buarque a Zé Celso e ao Teat(r)o Oficina foi confirmada ao Blog do Arcanjo do UOL pela assessoria do cantor, compositor e dramaturgo.

Zé Celso implora ajuda da Justiça contra Silvio Santos

A peça histórica do Oficina foi encenada pela primeira vez em 1968, quando sofreu repressão da ditadura e foi censurada. No elenco original estavam nomes como Marília Pêra, Zezé Motta e Pedro Paulo Rangel.

Na época, os atores chegaram a ser espancados por partidários da extrema direita.

Coro da peça “Roda Viva” em 1968, com nomes como Zezé Motta e Pedro Paulo Rangel – Foto: Arquivo Oficina

Marília Pêra e Rodrigo Santiago em “Roda Viva” de 1968 – Foto: Arquivo Oficina/Cristiano Mascaro

Zé sempre sonhou reencenar a peça, que sucedeu “O Rei da Vela”, de 1967 e que é reencenada 50 anos depois atualmente no Teatro Paulo Autran do Sesc Pinheiros.

Mas Chico Buarque considerava a obra datada e não permitiu a remontagem até agora. Mas, agora pensa diferente.

Diante da situação atual do Oficina, que enfrenta Silvio Santos, que quer construir torres no terreno que tem ao lado do teatro, o que prejudicaria a arquitetura do Oficina, feita por Lina Bo Bardi e Edson Elito, Chico resolveu mudar de opinião em apoio ao grupo que completa 60 anos de atividade em 2018.

Chico Buarque nos ensaios de “Roda Viva” em 1968 – Foto: Arquivo Oficina

A previsão é que a nova versão de “Roda Viva” estreia em 2018, quando serão completados 50 anos da primeira e histórica versão.

Zé escreveu uma carta aberta a Chico no último dia 20 de outubro. Como o cantor está recluso em Paris, não respondeu.

Contudo, Silvia Buarque acionou o pai e respondeu para Zé Celso.

“Querido, hoje consegui conversar com meu pai […] Ele liberou a montagem de ‘Roda Viva’. E pediu pra te mandar toda a solidariedade dele pelas suas lutas. Vai junto minha total solidariedade também”, escreveu a atriz, filha de Chico Buarque com Marieta Severo, atriz que fez parte do elenco histórico de “Roda Viva” de 1968.

Além do apoio de Chico Buarque, Zé Celso recebeu também o apoio de Fernanda Montenegro. Bárbara Paz e Leona Cavalli também enviaram mensagens de apoio ao Oficina na luta contra Silvio Santos.

Cena de “Roda Viva”, de 1968 – Foto: Arquivo Oficina

Leitura da peça “Roda Viva”, de Chico Buarque, em 1968 – Foto: Arquivo Oficina

Marília Pêra em “Roda Viva” de 1968 – Foto: Arquivo Oficina

Marília Pêra em “Roda Viva” em 1968 – Foto: Arquivo Oficina/Cristiano Mascaro

Curta Miguel Arcanjo no Facebook
Siga Miguel Arcanjo no Instagram

Please follow and like us:
Morre pai do Padre Marcelo: “Até a eternidade” Colplay cancela shows no Brasil por doença de Chris Martin Marilyn Monroe, Blonde: Curiosidades do filme Tim Maia: 80 anos do eterno síndico Arlete Salles brilha no Teatro das Artes