Atriz travesti vira Jesus no teatro ao som de MC Xuxú e Liniker

Atriz  e travesti, Renata interpreta Jesus em peça - Foto: Bob Sousa

Atriz e travesti, Renata Carvalho interpreta Jesus em peça em SP – Foto: Bob Sousa

Por Miguel Arcanjo Prado

Gilberto Gil cantou em “Guerra Santa” que “o nome de Deus pode ser Oxalá, Jeová, Tupã, Jesus, Maomé […] sons diferentes, sim, para sonhos iguais”. Sonhos embalados pelo amor ao próximo, principal mensagem de Cristo. E, apesar dos discursos religiosos, o próprio Jesus pode ser relido. Sobretudo, quando o lugar é o teatro, onde tudo é possível.

É o que percebe o público assim a porta do Auditório do Sesc Pinheiros se abre. Na sequência, os espectadores recebem um pequeno cálice de vinho e uma vela acesa à bateria. Este é o convite à comunhão que está prestes a ser celebrada por quem aceita entrar ali para conhecer um novo Jesus, despido de preconceitos e da intolerância.

Trata-se da peça “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu”. Originalmente escrita e interpretada pela transexual escocesa Jo Clifford, a peça já causou burburinho no Brasil. Em maio último, foi a grande atração do 13º FIT-BH (Festival Internacional de Teatro, Palco & Rua de Belo Horizonte).

A polêmica na Minas católica ajudou a vender ingressos, que logo se esgotaram. E a última sessão ainda foi coroada com um desmaio real de Jo Clifford diante da plateia. A atriz transexual precisou ser internada no hospital para recuperar a pressão alta e a sessão extra precisou ser cancelada.

Pressão não falta em cima da transexual brasileira Renata Carvalho, que resolveu encarar o texto — e toda a polêmica que o envolve — em palcos nacionais. Assim como Clifford, ela incorpora Jesus. Entra na plateia em grande estilo, cumprimenta todos e começa seu sermão. Mas não trata-se de um sermão comum, modorrento. Nem aquela é a figura que comumente nos apresentaram como sendo a do filho de Deus.

Agora, ele é ela, a filha de Deus, na pele de uma travesti, representando mais uma vez alguém renegado e crucificado pela sociedade. Com 20 anos de carreira, Renata Carvalho é a Rainha do Céu.

Renata Carvalho em "O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu" - Foto: Bob Sousa

Renata Carvalho em “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu” – Foto: Bob Sousa

Natalia Mallo assina a tradução e a direção do espetáculo, misturando densidade e leveza. Na versão nacional, bem menos recatada do que a da escocesa, Renata dança ao som da MC Xuxú, Liniker e As Bahias e a Cozinha Mineira. Além disso, tal qual a britânica, conversa com a plateia, olhando as pessoas nos olhos, reza, conta parábolas bíblicas, trazendo-as para a realidade.

Está lá “O Filho Pródigo”, que aqui é a filha trans, rejeitada pelo pai, que foge do país e acaba voltando, anos depois, para um reencontro festivo com a família, provocando a ira do irmão. Há ainda “As Bodas de Caná” e passagens do livro de Gênesis e dos Evangelhos segundo Lucas e João.

Ousadia, bom-humor e também emotividade trazem inevitáveis reflexões que emocionam o público. No país líder em morte de travestis e transgêneros, a peça leva à reflexão da vida em sociedade, mostrando um grupo que continua sendo crucificado e apedrejado, como Jesus e Maria Madalena.

A grande chama da peça está na simplicidade revolucionária da mensagem de amor ao próximo, questionando a incoerência do discurso religioso contemporâneo, tão marcado pela intolerância e pelo ódio.

Para encerrar, a Rainha do Céu convida todos para uma oração que celebra a mudança que, segunda ela, inevitavelmente virá: “Abençoada sejas se as pessoas abusam de você ou te perseguem, pois isso significa que estás trazendo a mudança. (…) A mudança vai acontecer de qualquer maneira”. Afinal, cada um pode, sim, ter sua própria versão do filho de Deus.

Renata Carvalho faz versão do texto da escocesa Jo Clifford - Foto: Bob Sousa

Renata Carvalho faz versão do texto da escocesa Jo Clifford – Foto: Bob Sousa

“O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu”
Quando: Quinta a sábado, 20h30. 60 min. Até 5/11/2016
Onde: Sesc Pinheiros – Rua Paes Leme, 195, metrô Faria Lima, São Paulo, tel. 11 3095-9400
Quanto: R$ 25 (inteira); R$ 12,50 (meia) e R$ 7,50 (credencial plena no Sesc)
Classificação etária: 18 anos

Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Você pode gostar...