Peça em SP investiga cérebro criativo de Nelson Rodrigues

"Nelson" é uma ficção inspirada no grande dramaturgo - Foto: Ricardo Sakai

“Nelson” é uma ficção inspirada no grande dramaturgo – Foto: Ricardo Sakai

Por Miguel Arcanjo Prado

Quais vozes povoavam a cabeça de Nelson Rodrigues (1912-1980), considerado o maior dramaturgo brasileiro, ao criar obras como “A Falecida”, “O Beijo no Asfalto” e “Bonitinha, Mas Ordinária”?

Esta é a proposta da peça “Nelson – Ficção Não Autorizada de um Pornográfico Apaixonado”, que será apresentada na Casa Mário de Andrade, na Barra Funda, em São Paulo, a partir da próxima sexta (9), com temporada até o fim de outubro.

A obra é feita pela Confraria de Elephantes, sob direção de Janssen Balgobin, com experiência nos palcos desde 1983.

Segundo os artistas, “a ficção biográfica leva o público a uma viagem intimista, lírica e investigativa que revela de forma mágica e apaixonante às razões que lapidaram o jornalista policial no mais brilhante dramaturgo brasileiro”.

Estão no elenco Lucas Scalco, Jorge Mesquitta, Arthur Alavarse, Leandro Borges, Maurício Belfante, Ana Tardivo, Ale Denardini e Barbara Pereira.

“Nelson – Ficção não Autorizada de um Pornográfico Apaixonado”
Quando:
De 9/9 aé 29/10/2016. Sextas e sábado, 21h, domingo, 20h. 90 min
Onde: Casa Mário de Andrade – R. Margarida, 158, Barra Funda, São Paulo, tel. 11 4116-3665
Quanto: R$ 40,00 (inteira) – R$ 20,00 (meia)
Classificação etária: 16 anos
Duração: 90 minutos

Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Please follow and like us:
Vingança, O Musical é aplaudido por estrelas Longa Jornada Noite Adentro é aplaudida por famosos Marina Sena fala do 2º álbum Orgulho LGBT+ 5 peças em São Paulo Parada do Orgulho LGBT+ bate recorde com 4 milhões de pessoas