Sem mamilos, Teatro Oficina cria novo perfil no Facebook

Zé Celso no Teat(r)o Oficina: após censura, nova página no Facebook - Foto: Jennifer Glass

Zé Celso no Teat(r)o Oficina: após censura, nova página no Facebook – Foto: Jennifer Glass

Por Miguel Arcanjo Prado

Depois que teve seu perfil oficial no Facebook deletado pela rede social após a postagem de uma foto na qual aparecia o mamilo de uma atriz, o Teat(r)o Oficina, grupo teatral mais antigo do Brasil, resolveu criar uma nova página na mesma rede social nesta terça (16).

Em texto exclusivo para o Blog do Arcanjo do UOL nesta terça (16), dia em que a sede do grupo completa 55 anos, Zé Celso, diretor da trupe desde sua criação em 1958, pediu à empresa norte-americana para devolver o perfil do Oficina, que tinha 33 mil curtidas de fãs de todo o mundo.

Como o Facebook não respondeu ao pedido, os artistas do Oficina resolveram criar um novo perfil. E prometem obedecer às regras da rede social para poder se comunicar com seus fãs nestes novos tempos digitais.

O grupo afirma: “Decidimos tocar em frente e criar nova página desejando como presente mais de 33 mil curtidas que foram desaparecidas com a censura que excluiu nosso antigo perfil público”. E segue: “Habemus nova página! Sem recalque, sem peitinhos, sem ressentimento – censores, desapeguem dessa prisão que é o ódio!”.

O Oficina pretende colocar conteúdos mais polêmicos em outras redes sociais, como suas páginas no Tumblr e YouTube, além de seu site oficial. A trupe, nestes tempos de crise, sobrevive também graças a ajuda de fãs.

Para celebrar os 55 anos de sua sede nesta noite de terça (16) o Oficina promete uma “sessão-manifesto” da polêmica peça “Pra Dar um Fim no Juízo de Deus”, cujos protagonistas são personagens da atual crise política que o Brasil enfrenta. Conheça o novo perfil do Teat(r)o Oficina no Facebook.

“Pra Dar um Fim no Juízo de Deus”
Sessão especial de 55 anos da sede do Teat(r)o Oficina
Quando: Terça (16), às 21h. 90 min. Sessão única
Onde: Teat(r)o Oficina – rua Jaceguai, 520, Bixiga, São Paulo
Quanto: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia-entrada para estudantes, artistas, professores, pessoas acima de 60 anos; R$10 (para moradores do Bixiga, com comprovante de residência)
Classificação etária: 18 anos

Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Please follow and like us:
Festival de Curitiba anuncia novidades em 2023 II Expo Internacional Consciência Negra SP The Crown mostra que Charles traiu Diana Caetano Veloso se emociona em show após morte de Gal Costa Prêmio Arcanjo de Cultura acontece no Teatro Sérgio Cardoso