Filha de Marília Pêra, Nina Morena é mulher traída em “Jogo Aberto” em SP

Nina Morena entra para o elenco da peça "Jogo Aberto" - Foto: Ana Alexandrino

Nina Morena entra para o elenco da peça “Jogo Aberto” – Foto: Ana Alexandrino

Por Miguel Arcanjo Prado

A atriz Nina Morena teve em casa uma verdadeira escola artística. Filha da atriz e diretora Marília Pêra e do jornalista, compositor, produtor musical e escritor Nelson Motta, ela se acostumou, de pequena, ao mundo feito de poesia e arte.

Na última sexta (12), mesmo com toda esta bagagem, Nina estava nervosa. Afinal, foi dia de subir ao palco com o elenco da peça “Jogo Aberto”, no Teatro Folha, em São Paulo, para substituir a atriz Guta Ruiz no papel de Evelyn.

No sucesso da Broadway escrito pelo norte-americano Jeff Gould, a personagem descobre uma traição do marido. Na montagem traduzida e dirigida por Isser Korik, três casais se unem para jantar e estabelecem um perigoso jogo de sedução. Estão ainda no elenco André Bankoff, Samara Felippo, Natallia Rodrigues, Eduardo Leão e Pedro Henrique Moutinho.

“Evelyn é uma mulher elegante, racional e, quando precisa ser, é maquiavélica e vingativa, mas sem nunca perder a compostura. Apesar de sua aparente frieza é uma mulher romântica e tradicional e apaixonada por seu marido”, conta Nina ao Blog do Arcanjo do UOL, sobre sua personagem.

A atriz diz que o processo de composição de Evelyn “está sendo ainda”, buscando “um híbrido do que a Guta fazia e colocando o meu estilo também”. E define qual é sua pitada: “Estou me apropriando e optando por uma composição mais sensual e ‘cavalona’, de mulher forte, que pisa firme”, conta.

Nina fala que “substituição é sempre um desafio”, para logo emendar: “Mas eu adoro desafios!”. Ela teve apenas dez dias de ensaios antes de entrar em cena: “É desafiador entrar num time que está junto há tempos, mas o elenco todo me acolheu com muito carinho e atenção”, diz, reforçando o agradecimento aos colegas “pelo carinho, paciência e disponibilidade”.

Nina Morena: "Minha mãe foi minha escola" - Foto: Ana Alexandrino

Nina Morena: “Minha mãe foi minha maior escola” – Foto: Ana Alexandrino

Marília Pêra

Estar no palco não deixa também de ser uma forma de se conectar com sua mãe, a grande atriz Marília Pêra, que nos deixou no fim de 2015.

“Minha mãe foi e sempre será a minha maior escola… Aprendi muito vendo-a em cena e fora de cena também. Uma coisa que ela me disse uma vez e que jamais esqueci é de usar as emoções do ator para a personagem”, conta.

“Eu explico: um dia eu estava muito nervosa para entrar em cena e ela disse: ‘Usa isso! Usa esse nervosismo em cena. A personagem hoje está nervosa’… E isso foi uma chave para mim. Serve pra tudo. Estar doente, nervosa, alegre, apaixonada… Isso mantém a personagem viva! Ela também me dizia sempre para nunca deixar de me divertir”.

Por isso, confessa que na estreia da última sexta, a personagem Evelyn estava nervosa assim como a atriz: “Mas super coube a Evelyn estar nervosa, ela também está numa situação difícil [risos]. Mas, no caso da Evelyn, ela não pôde deixar transparecer esse nervosismo, mas estava dentro dela”.

“Jogo Aberto”
Quando: Sexta, 21h30, sábado, 20h e 22h, domingo, 20h. 90 min. Até 25/9/2016
Onde: Teatro Folha – Av. Higienópolis, 618, terraço, Higienópolis, metrô Marechal Deodoro, São Paulo, tel. 11 3823-2323
Quanto: R$ 30 a R$ 50
Classificação etária: 14 anos

Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Please follow and like us:
Festival de Curitiba anuncia novidades em 2023 II Expo Internacional Consciência Negra SP The Crown mostra que Charles traiu Diana Caetano Veloso se emociona em show após morte de Gal Costa Prêmio Arcanjo de Cultura acontece no Teatro Sérgio Cardoso