Grátis, musical “A Gaiola das Loucas” põe família gay no palco

Régis Schazzitt e Pedro Augusto protagonizam "A Gaiola das Loucas" - Foto: Divulgação

Régis Schazzitt e Pedro Augusto protagonizam “A Gaiola das Loucas” – Foto: Divulgação

Por Miguel Arcanjo Prado

Família cada um tem a sua. E todas merecem ser respeitadas. Tal ideia está por trás do musical “A Gaiola das Loucas”, em cartaz em São Paulo com entrada gratuita no Teatro Ruth Escobar, em produção da Cia. Instável de Teatro em parceria com a Faculdade Paulista de Artes, sob direção de André Latorre.

A história escrita por Jean Poiret em 1973 e já adaptada ao cinema em 1978 e em 1996 se passa na boate que dá título ao espetáculo, propriedade do casal homossexual George (Pedro Augusto) e Zazá (Régis Schazzitt), uma legendária vedete transformista.

O conflito acontece quando o filho de George resolve apresentar a noiva, filha de um deputado conservador, à sua família. Como a moça é de “família tradicional”, o casal gay tenta esconder seu estilo de vida para não prejudicar o amor do filho. Ao fim, o texto dá uma lição de respeito à diversidade, dialogando diretamente com o Brasil de hoje, com vários políticos homofóbicos e constantes casos de violência contra gays.

Nesta montagem universitária, o diretor Latorre, que já fez em 2013 o sucesso “Cabaret – O Musical”, conta com o numeroso elenco de 23 atores e cantores, além de coreografias de Natã Queiroz, também em cena.

Estão no palco ainda Alessandro Fritzen, Allan Christos, André Lino, Charles Souza, Faniy Alexsandra, Felipe Ramos, Frankie Roncon Mécici, Ismael Resende, Jaqueline Denova, Júlia Rodrigues, Laís de Almeida, Luhara Machado, Roberta Tubandt, Rodrigo Freitas, Sabrina Lee, Talita Hunter, Thiago de Caux, Wilton Leal e Yasmin Lambert.

“A Gaiola das Loucas”
Quando: 4, 5, 6, 11, 12 e 13/7/2016, sempre às 20h. 108 min.
Onde: Teatro Ruth Escobar – Sala Gil Vicente – Rua dos Ingleses, 209, Bela Vista, São Paulo
Quanto: Grátis
Classificação etária: Livre

Please follow and like us: