Morre produtor de peça com Paulo Miklos, do Titãs

O produtor teatral Fábio Santana - Foto: Georgia Branco/Divulgação

O produtor teatral Fábio Santana – Foto: Georgia Branco/Divulgação

Por Miguel Arcanjo Prado

Morreu, nesta segunda (25), aos 47 anos, o produtor teatral Fábio Santana, baiano de Jequié radicado em São Paulo havia três décadas. Ele também era iluminador, sonoplasta e diretor técnico de espetáculos. A causa da morte não foi divulgada pela família.

Santana produziu recentemente a peça “Chet Baker”, também idealizada por ele e que ficou em cartaz até o dia 7 deste mês no Centro Cultural Banco do Brasil, em São Paulo. A obra foi protagonizada por Paulo Miklos, integrante da banda Titãs. Santana era fã do lendário trompetista do jazz, a quem homenageou com o espetáculo.

O dramaturgo Sérgio Roveri, que foi convidado por Santana a escrever o texto da peça, lamentou a partida do amigo. “É mais uma destas rasteiras que a vida nos dá e que nos exigem tempo para compreender e mais tempo ainda para nos por em pé novamente”, afirmou.

O diretor de “Chet Baker”, José Roberto Jardim, definiu o produtor como “um querido” que fazia da convivência entre os dois “algo único e pessoal”. “Os gregos diziam que a única forma de tocarmos a imortalidade era pelo legado deixado e exaltado pela memória dos que ficam; então, garanto que o Fábio estará e será imortalizado pela minha”, disse o diretor.

Lúcia Veríssimo, atriz que trabalhou com Santana na peça “Usofruto” por cinco anos, disse que ele foi “uma das criaturas mais doces” com quem conviveu.

A atriz e também produtora teatral Luiza Jorge falou que o amigo era “um homem dos bastidores que amava o teatro”. “Que ele siga num brilhante caminho de luz como os incontáveis palcos que ele iluminou com talento e dedicação a tudo que fazia”, declarou.

Santana trabalhou com alguns dos nomes mais importantes do teatro brasileiro, como Paulo Autran, Fernanda Montenegro, Raul Cortez, José Possi Neto e Denise Fraga. Ele era proprietário da T3rceiroSinal Produções Culturais e deixa duas filhas.

Ainda não há informações sobre o velório e o sepultamento.

Please follow and like us:
Vingança, O Musical é aplaudido por estrelas Longa Jornada Noite Adentro é aplaudida por famosos Marina Sena fala do 2º álbum Orgulho LGBT+ 5 peças em São Paulo Parada do Orgulho LGBT+ bate recorde com 4 milhões de pessoas