Consagrada, As Três Velhas volta a São Paulo com Maria Alice Vergueiro em três sessões imperdíveis

50 anos de carreira: Maria Alice Vergueiro, em cena da peça As Três Velhas – Foto: Bob Sousa

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
Fotos de BOB SOUSA

Quem não viu a montagem de As Três Velhas, com Maria Alice Vergueiro e seu Grupo Pândega de Teatro, tem chance única de conferir a aclamada obra se estiver em São Paulo. Sobretudo porque a montagem é do tipo obrigatória.

A peça volta para apenas três apresentações na SP Escola de Teatro, na praça Roosevelt, centro paulistano. As datas já estão fechadas: serão nos dias 2, 9 e 16 de junho, sempre às 21h. Os ingressos prometem ser disputados a tapa.

Na peça, Vergueiro atua ao lado de Luciano Chirolli e Danilo Grangheia. Todos em grande performance.

Escrito pelo chileno Alejandro Jodorowsky e traduzido por Fábio Furtado, o espetáculo teve concorridas temporadas na cidade e arrebatou público e crítica. Tanto que Maria Alice Vergueiro recebeu o Prêmio Shell Especial em 2011 justamente por conta da obra.

A montagem já passou pelo Rio, Florianópolis, Belo Horizonte, Londrina, Brasília, Fortaleza e Recife, entre outras cidades. E também foi apresentada em Cuba.

A peça mistura tragédia e comédia e é definida pelo autor como “melodrama grotesco”; o enredo mostra duas nobres decadentes, vividas por Chirolli e Grangheia, que são acompanhadas por uma criada centenária, papel de Vergueiro, que também dirige a obra. O talento e a química dos três atores em cena consegue chamar ainda mais atenção do que o texto.

Além de Vergueiro, integram o Grupo Pândega de Teatro, que existe há cinco anos, os artistas Fábio Furtado e Luciano Chirolli, Danilo Grangheia, Carolina Splendore e Elisete Jeremias.

Maria Alice Vergueiro é um dos maiores nomes do teatro brasileiro. Ao lado de Cacá Rosset e Luiz Roberto Galízia, fundou o Teatro do Ornitorrinco, que marcou época na década de 1970.

Em mais de 50 anos de carreira, coleciona sucessos como O Rei da Vela, no qual foi dirigida por José Celso Martinez Corrêa, Mahagony Songspiel, dirigida por Cacá Rosset; Electra com Creta, sob comando de Gerald Thomas e Mãe Coragem, dirigida por Sérgio Ferrara.

Poder vê-la em cena é um privilégio que não se pode perder.

Os atores Danilo Grangheia e Luciano Chirolli: dois parceiros à altura do talento de Maria Alice Vergueiro no espetáculo As Três Velhas; três sessões apenas – Foto: Bob Sousa

As Três Velhas
Avaliação: Muito bom
Quando: 2, 9 e 16/6/2014, às 21h. 70 min.
Onde: SP Escola de Teatro – Sede Roosevelt (praça Roosevelt, 210, metrô República, 0/xx/11 3775-8600)
Quanto: R$ 30
Classificação etária: 14 anos

Leia também: Brasil abre o palco para teatro da América Latina

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Please follow and like us:

1 Resultado

  1. Phillipe disse:

    Imperdível. O figurino me lembra um pouco “A casa de Bernarda Alba”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Festival de Curitiba anuncia novidades em 2023 II Expo Internacional Consciência Negra SP The Crown mostra que Charles traiu Diana Caetano Veloso se emociona em show após morte de Gal Costa Prêmio Arcanjo de Cultura acontece no Teatro Sérgio Cardoso