O Bem Amado vira musical no centenário de Dias Gomes

Montagem estreia dia 05 de agosto no Sesc Santana em São Paulo - Foto: Ronaldo Gutierrez – Blog do Arcanjo
Montagem estreia dia 05 de agosto no Sesc Santana em São Paulo – Foto: Ronaldo Gutierrez – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Um dos dramaturgos mais celebrados na história das artes cênicas do País, Dias Gomes, completaria 100 anos em 19 de outubro de 2022. Em homenagem ao exímio escritor baiano, estreia a versão musicada do espetáculo O Bem Amado, nesta sexta-feira, 05 de agosto, no Sesc Santana, em São Paulo.

O elenco é formado por Cassio Scapin, Marco França, Eduardo Semerjian, Rebeca Jamir, Luciana Ramanzini, Kátia Daher, Ando Camargo, Heitor Garcia, Roquildes Júnior e o ator convidado Guilherme Sant’Anna. A montagem conta com letras e músicas de Zeca Baleiro e Newton Moreno, com direção musical de Marco França.

O Bem Amado é um marco do realismo fantástico brasileiro. Dias Gomes toca com o sincretismo peculiaridade e maestria, em temas mais que atuais e fundamentais para a informação e a formação de gerações, como a crítica contestadora, o tom sarcástico e demagogo, a política, os costumes moralistas, a diversidade, religioso, a relação entre homens e o poder subversivo e todas as suas consequências.

Ricardo Grasson
Diretor do espetáculo
Elenco do espetáculo O Bem Amado - Foto: Ronaldo Gutierrez – Blog do Arcanjo
Elenco do espetáculo O Bem Amado – Foto: Ronaldo Gutierrez – Blog do Arcanjo

Clássico atemporal

Escrita em 1962, “Odorico, o Bem Amado, ou Os Mistérios do Amor e da Morte” é considerada um clássico do teatro moderno brasileiro e ficou bastante conhecida pelo grande público ao ser adaptada na primeira telenovela exibida em cores no Brasil e a ser exportada. A versão, exibida pela TV Globo em 1973, era dirigida por Régis Cardoso e estrelada por Paulo Gracindo, Lima Duarte, Jardel Filho, Sandra Bréa, Ida Gomes e outros grandes atores.

A comédia satiriza o cotidiano de Sucupira, uma cidade fictícia no litoral baiano, onde vive o político corrupto e demagogo Odorico Paraguaçu. Como não há um cemitério na cidade, o que obriga os moradores a enterrar seus mortos em municípios vizinhos, ele se elege prefeito com o slogan “Vote em um homem sério e ganhe um cemitério”. O grande problema é que não morre ninguém em Sucupira para que o cemitério seja inaugurado. E, para resolver esse dilema e não perder o apoio de seus eleitores, ele se alia ao terrível pistoleiro Zeca Diabo, que foi expulso da cidade. O que ele não sabe é que o matador não pretende matar mais ninguém, pois deseja virar um homem de Deus.

Colaborou Michele Marreira

Ator Cassio Scapin mostra os bastidores para se transformar em Odorico Paraguaçu

O Bem Amado

Onde: Sesc Santana – Av. Luiz Dumont Villares, 579, Santana, SP.
Quando: 05 de agosto até 11 de setembro de 2022. Sextas, às 21h. Sábados, às 20h. Domingos, às 18h. E dias 02 e 09, sextas, sessão vespertina às 15h.
Quanto: R$ 20,00 (meia) a R$ 40,00 (inteira) – Retire seu ingresso!

Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Teatro nos Parques percorre SP e Brasil ‘Se fosse homem, teria mais visibilidade’, diz Eloisa Vitz Musical A Pequena Sereia encanta família inteira no Teatro Santander Capital Inicial lança Natasha com feat de Marina Sena Evita Open Air conquista o público no Parque Villa-Lobos