Crítica | Conserto para Dois tem brilho de Claudia Raia e Jarbas Homem de Mello em ótima comédia musical

Claudia Raia e Jarbas Homem de Mello em Conserto para Dois, O Musical - Foto: Gabriela Schmidt/Divulgação - Blog do Arcanjo
Claudia Raia e Jarbas Homem de Mello estão excelentes em Conserto para Dois, O Musical – Foto: Gabriela Schmidt/Divulgação – Blog do Arcanjo

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
@miguel.arcanjo

Houve um tempo, e não faz muito tempo, no qual espetáculos costumavam ter um bom texto com começo, meio e fim, que a gente entendia toda a história e que contava com excelentes atuações, com artistas talentosos e entregues aos seus personagens em cima do tablado. Este é o caso de Conserto para Dois, comédia musical que traz Claudia Raia e Jarbas Homem de Mello em grandes performances para o excelente texto original de Anna Toledo, dramaturga que vem se tornando nome fundamental do teatro contemporâneo, sob direção do próprio ator.

A dupla em cena se divide em múltiplos personagens, que logo ganham a empatia do público – é fantástica a solução criativa de colocar bonecos sintonizados ao corpo dos atores e fazendo o coro, logo no começo do espetáculo.

Diante do carisma de Raia e Mello, é impossível não mergulhar por completo na história de um escritor Ângelo Rinaldi que precisa resolver as contas do passado com a grande estrela do cinema Luna de Palma, tudo isso a bordo de um navio luxuoso.

A direção de Homem de Mello é inventiva e segura do que propõe, abusando da capacidade dos dois atores em criar personagens diferentes, engraçados e verossímeis.

Claudia Raia e Jarbas Homem de Mello em Conserto para Dois, O Musical - Foto: Flávia Canavarro/Divulgação - Blog do Arcanjo
Claudia Raia e Jarbas Homem de Mello em Conserto para Dois, O Musical – Foto: Flávia Canavarro/Divulgação – Blog do Arcanjo

Tudo isso orquestrando com maestria o cenário potente e funcional de Natália Lana, que se conjuga com os figurinos exuberantes de Bruno Oliveira e o visagismo certeiro de Dicko Lorenzo. Os atores trocam de roupa e perucas e viram novos personagens com a mesma agilidade da histórica montagem de O Mistério de Irma Vap, com Marco Nanini e Ney Latorraca.

Para quem diz que é difícil haver bons musicais paridos por completo em terras brasileiras, este espetáculo desmente tal teoria e evidencia que há grandes talentos nacionais que merecem respeito e aplausos.

Claudia Raia e Jarbas Homem de Mello em Conserto para Dois, O Musical - Foto: Flávia Canavarro/Divulgação - Blog do Arcanjo
Claudia Raia e Jarbas Homem de Mello em Conserto para Dois, O Musical – Foto: Flávia Canavarro/Divulgação – Blog do Arcanjo

As músicas e letras de Thiago Gimenes, Tonny Lucchesi — também diretor musical — e Anna Toledo são formidáveis. E também é preciso aqui ressaltar o trabalho coreográfico de Katia Barros, que preenche com vida o enorme palco, mesmo tendo apenas dois atores em cena. Aliás, Raia e Jarbas são duas locomotivas cênicas. A única ressalva deste crítico, deixada aqui como sugestão de reflexão à equipe, seria uma leve edição no texto e no tempo de duração do espetáculo, já que o veloz mundo contemporâneo impõe ao teatro maior poder de síntese. Menos é mais.

O grande mérito de Conserto para Dois é confiar no que o teatro tem de melhor: o jogo real e entregue entre atores que sabem muito bem o que estão fazendo em cima do palco. Claudia Raia e Jarbas Homem de Mello são artistas com muito chão de palco nas costas e que todavia conseguem divertem em cena como duas crianças. Assim, quem embarca por completo neste navio de graça é o público, que gargalha com satisfação de cena em cena e aplaude ao fim com a certeza de ter visto um excelente espetáculo.

CONSERTO PARA DOIS
com Claudia Raia e Jarbas Homem de Mello

Avaliação: Ótimo ✪✪✪✪
Crítica por Miguel Arcanjo Prado

Quando: Sexta e sábado, 21h, domingo, 19. 120 min.
Onde: Teatro Procópio Ferreira – Rua Augusta, 2823, Jardins, São Paulo. Metrô Oscar Freire.
Retire seu ingresso!

Siga @miguel.arcanjo

Inscreva-se no canal Blog do Arcanjo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

O jornalista e crítico Miguel Arcanjo Prado é mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia e Cultura pela ECA-USP, bacharel em Comunicação Social pela UFMG e crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Dirige o Blog do Arcanjo e o Prêmio Arcanjo. Coordena a Extensão Cultural da SP Escola de Teatro e faz o Podcast do Arcanjo. Está entre os melhores jornalistas de Cultura do Brasil pelo Prêmio Comunique-se e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Passou por Globo, Record, R7, Record News, Folha, Abril, Contigo, Superinteressante, Band, Gazeta, UOL, Uma, Rede TV!, TV UFMG e O Pasquim 21. É jurado das premiações Prêmio Arcanjo de Cultura, Melhores do Ano Blog do Arcanjo, Sesc Melhores Filmes, Prêmio Bibi Ferreira, Prêmio Destaque Digital, Melhores do Ano Guia da Folha e Prêmio Canal Brasil de Curtas. É vencedor dos Troféu Nelson Rodrigues, Prêmio Destaque em Comunicação Nacional ANCEC, Troféu Inspiração do Amanhã e Prêmio África Brasil. Foto: Edson Lopes Jr.
© Blog do Arcanjo – Entretenimento e Cultura por Miguel Arcanjo Prado | Todos os direitos reservados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg
Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.