Incoerência de Lumena no BBB21 gera polêmica fora da casa

Por Zirlene Lemos

Tudo o que acontece dentro do BBB 21 certamente não fica no BBB 21. Contrariando aquela famosa frase ‘o que acontece em Las Vegas, fica em Las Vegas’. Que o diga a sister Lumena Aleluia, um dos nomes mais polêmicos desta edição do Big Brother Brasil na Globo. Afinal, ele vem fazendo uma militância seletiva e usando as pautas identitárias a seu bel prazer diante dos conflitos no reality.

De uma  forma ou de outra, que se passa na casa mais vigiada do Brasil acaba gerando e muita repercussão do lado de fora, para o bem e para o mal. A  militância seletiva de Lumena, por exemplo, tem ultrapassado as portas da casa do reality global e pode chegar até mesmo ao ao banco dos réus, segundo o site Notícias da TV.

Durante o Jogo da Discórdia na noite de segunda-feira, 8, Lumena esbravejou que existia racismo estrutural na casa do Big Brother Brasil e comprou ‘a briga’ de Karol Conká com Carla Diaz.

O jogo a psicóloga baiana literalmente disparou contra a atriz de A Força do Querer.

“Me chamou a atenção que a dor de uma mulher fenotipicamente branca acionou um acolhimento, e a dor de uma mulher fenotipicamente negra (se referindo a Karol Conká) causou o distanciamento da casa”, postulou.

Elza e Neymar criticam Lumena

Só que o discurso de Lumena no jogo da discórdia teve muitas repercussões fora da casa com manifestações de negras e negros famosos como Elza Soares e Neymar.

Elza pontuou: “Gentemmm, e o susto que esse pessoal vai tomar quando sair e assistir sua própria conduta perante os conflitos? O mundo vai além do próprio umbigo, gentem. Em horário nobre, uma lição que só o tempo ensina”, escreveu a cantora nonagenária.

Já Neymar, que já afirmou no passado ser “branco”, mas nos últimos tempos assumiu sua negritude e se diz militante antirracismo, disse sobre Lumena: “Tirou o contexto da reparação história há tanto tempo necessária se aproveitando de uma pauta coletiva para resolver um B.O. que é seu”, falou o milionário jogador.

Os internautas da ‘pipoca’ que assistem ao reality também não pouparam críticas à participante Lumena, acusando a sister de usar as pautas identitárias dentro do BBB 21 da maneira “como lhe convém”, como escreveu o perfil Rod.

Namorada de Lumena: “só tenho de condições de responder pelos meus próprios atos”

Até mesmo Fernanda Maia, namorada de Lumena, usou sua conta no Instagram para publicar um desabafo sobre a pressão que tem sofrido do público por conta das atitudes da companheira dentro do reality show. “Só tenho condições de responder sobre meus próprios atos”, avisou.

Cadê o acolhimento com Lucas Koka Penteado?

A pergunta que não quer calar sobre a postura, militância e compreensão de Lumena com os negros é: onde estava tudo isso quando,  ela partiu para cima de Lucas, um homem negro ‘da quebrada’ que se assumiu bissexual no BBB21? Em tom provocativo e apontando o dedo, ela em vez de acolher o irmão negro, acusou o brother de estar usando Gil:  “Você é falador, e falador passa mal”, decretou, dona da verdade. Mas, pelo jeito, o peixe que morre pela boca tem sido ela própria.

Ascensão e queda de Lumena

Formada em Psicologia pela Universidade Salvador e com mestrado concluído em Psicologia Social pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Lumena já atuou no Sistema Único de Saúde (SUS). A Dj que ficou famosa por tocar pagodão baiano já teve uma trajetória de ascensão no começo do BBB 21, mas, entrou na espiral da ‘queda’ de popularidade logo depois.

Em poucas semanas ela, que contava com 250 mil seguidores no Instagram, hoje está com cerca de 150 mil e mesmo assim o perfil da BBB21 na rede social foi acusado de comprar seguidores, para evitar a tamanha vergonha.

Delegacia

Não bastasse a queda de popularidade entre anônimos e famosos, na terça-feira, 9, o deputado estadual Anderson Moraes (PSL-RJ) apresentou uma notícia-crime contra Lumena na Delegacia de Combate a Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi).

Aliado do atual presidente da República, a intenção do deputado foi sugerir a abertura de um inquérito para apurar a prática de injúria racial da psicóloga contra Carla Diaz no BBB 21.

O andamento da causa pode ser prejudicial a toda luta do movimento negro e dando força ao chamado ‘racismo reverso’. Ou seja, permitir que um branco diga que foi vítima de racismo praticado por uma pessoa negra, o que é um absurdo diante de um passado e presente de racismo estrutural no Brasil, no qual pessoas negras foram escravizadas e seus descendentes até hoje são a parcela mais pobre e perseguida da população. Negros ainda são o grupo étnico que mais é vítima da violência do Estado. Lumena não pode ser vista como todo o povo negro.

Após a  prova do anjo, durante uma conversa com Karol Conká, a DJ chamou Carla Diaz de “sem melanina”, “desbotada” e “olho de boneca assassina”.

Se a comunicação da notícia-crime avançar para uma investigação, Lumena pode sofrer alguma penalidade mais grave e até ter que sair do BBB 21 antes mesmo de um paredão para prestar depoimento na delegacia.

É aguardar quais serão as cenas dos próximos capítulos deste reality que não se cansa de pegar fogo. Dentro e fora da casa.

Siga @miguel.arcanjo!

Ouça o Podcast do Arcanjo!

+ Artistas, Cultura e Entretenimento

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é miguel-arcanjo-prado-foto-edson-lopes-jr.jpg

Miguel Arcanjo Prado é jornalista, mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela ECA-USP e bacharel em Comunicação Social pela UFMG. Eleito três vezes pelo Prêmio Comunique-se um dos melhores jornalistas de Cultura do Brasil. Nascido em Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. É crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Passou por Globo, Record, Folha, Contigo, Editora Abril, Gazeta, Band, Rede TV e UOL, entre outros. Desde 2012, faz o Blog do Arcanjo, referência no jornalismo cultural. Em 2019 criou o Prêmio Arcanjo de Cultura no Theatro Municipal de SP. Em 2020, passou a ser Coordenador de Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro e começou o Podcast do Arcanjo em parceria com a OLA Podcasts. Foto: Edson Lopes Jr.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é podcast-do-arcanjo.jpg

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *