Bonecas Vivas inspiram peça de Dan Nakagawa

Por Miguel Arcanjo Prado

Pode parecer estranho, mas a comunidade Living Dolls, na qual homens se vestem com máscaras, roupas de silicone e seios protéticos a fim de se transformarem em bonecas vivas, não para de crescer. Surgido nos anos 80, atualmente o movimento tem mais adeptos na Alemanha, Reino Unido e Estados Unidos. Pois ele inspira A Vida das Bonecas Vivas, peça de dança-teatro de Dan Nakagawa que estreia dia 29 de novembro no YouTube. O diretor conta ao Blog do Arcanjo que pesquisou o butô, kabuki e a dança contemporânea para criar a encenação. A grande cineasta e atriz Helena Ignez faz participação especial. O projeto conta ainda com provocação cênica do polonês Bogdan Szyberde, Lucas Vanatt como dramaturgista. O elenco — caracterizado como bonecas loiras padronizadas — ainda traz Anderson Gouvea (que assina a coreografia), Alef Barros, Laércio Motta, Gabriel Shimoda e Vivian Valente. O espetáculo tem temporada presencial prevista para abril de 2021 no Teatro Sérgio Cardoso.

Miguel Arcanjo Prado é jornalista, mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela ECA-USP e bacharel em Comunicação Social pela UFMG. Eleito três vezes pelo Prêmio Comunique-se um dos melhores jornalistas de Cultura do Brasil. Nascido em Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. É crítico da APCA, da qual foi vice-presidente. Passou por Globo, Record, Folha, Contigo, Editora Abril, Gazeta, Band, Rede TV e UOL, entre outros. Desde 2012, faz o Blog do Arcanjo, referência no jornalismo cultural. Em 2019 criou o Prêmio Arcanjo de Cultura no Theatro Municipal de SP. Em 2020, passou a ser Coordenador de Extensão Cultural e Projetos Especiais da SP Escola de Teatro e começou o Podcast do Arcanjo em parceria com a OLA Podcasts. Foto: Bob Sousa.

Siga @miguel.arcanjo

Ouça o Podcast do Arcanjo

Please follow and like us:

1 Resultado

  1. Bélit disse:

    Amei seu blog 🙂 Parabéns!!!

Deixe uma resposta para Bélit Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *