Sexo na quarentena? Prefeitura de NY recomenda masturbação; veja dicas

A Prefeitura de Nova York, a cidade mais afetada nos EUA pela pandemia do novo coronavírus, fez uma cartilha sobre o sexo na quarentena. Entre outras coisas, recomenda a masturbação como a melhor “prática” sexual neste período. Ou então, sexo com o companheiro ou companheira que já vive com a pessoa debaixo do mesmo teto e no qual ambos estejam isolados da sociedade. Veja as principais dicas:

  1. Saiba como a covid-19 se espalha:
    Você pode pegar coronavírus de uma pessoa que já foi infectada
    O vírus pode se espalhar entre pessoas que estão a 1,80 metro de você quando o infectado tem tosse ou espirra
    O vírus pode ser transmitido diretamente através do contato com a saliva ou muco de um infectado
    Ainda temos que saber muitas coisas sobre covid-19 e sexo:
    Covid-19 foi encontrado nas fezes de pessoas infectadas com o vírus.
    O vírus não foi encontrado em sêmen ou em fluídos vaginais
    Sabemos que outros coronavírus não eram transmitidos sexualmente
  2. Faça sexo com pessoas próximas
    Você é o seu parceiro sexual mais seguro. Masturbação não vai transmitir coronavírus, especialmente se você lavar suas mãos (e brinquedos sexuais) com sabão e água por 20 segundos antes e depois de usá-los
    O próximo parceiro sexual mais seguro é alguém com quem você mora. Ter contato próximo, incluindo sexo – com um pequeno círculo de pessoas ajuda a prevenir a infecção
    Evite contato próximo – incluindo sexo – com pessoas de fora da sua casa. Se você faz sexo com vários parceiros, reduza o número ao máximo possível
    Se você conhece parceiros sexuais através de apps ou é trabalhador do sexo, considere parar encontros físicos. Encontros online, sexting e salas de chat são boas opções para você.
  3. Tome cuidado durante o sexo
    Beijar é altamente transmissível. Evite beijar alguém que não é do seu círculo pessoal de contatos.
    Beijo grego também passa a covid-19. Vírus presentes nas fezes podem entrar em sua boca.
    Camisinhas e protetores dentais podem reduzir o contato com saliva ou fezes, especialmente durante sexo oral e anal.
    Se lavar antes e depois do sexo é mais importante do que nunca.

Siga @miguel.arcanjo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *