Confira dicas para ir ao supermercado em tempos de coronavírus

Ir ao supermercado em tempos de pandemia do coronavírus tornou-se uma tarefa bastante tensa. Afinal, é preciso comprar alimentos para sobreviver ao mesmo tempo em que é necessário evitar a contaminação. O jornal norte-americano The New York Times listou algumas dicas em reportagem de Tara Parker-Popp que aqui se une às contribuições do Blog do Arcanjo para que você possa fazer suas compras da forma mais segura.

– Antes de sair de casa, tenha já definido o que precisa comprar para não perder tempo zanzando pelos corredores.

– Vá ao supermercado mais próximo de sua casa. Ajude os estabelecimentos menores a sobreviverem.

– No caminho de ida e de volta e também dentro do supermercado evite se aproximar das pessoas.

– Limite o máximo possível sua ida ao supermercado. Tente comprar o suficiente para não ir ao supermercado em menos de duas semanas. O ideal é não ir muitas vezes e, quando for, passar o mínimo de tempo possível.

– Vá ao supermercado bem cedo. Muitas lojas no Brasil reservam a primeira hora para idosos. Portanto, vá na segunda hora em que o estabelecimento estiver aberto. Costuma ser mais vazio, o que reduz os riscos. Além disso, o local foi menos frequentado e estará mais limpo, já que entre um turno e outro o supermercado precisa passar por limpeza.

– Leve lenços desinfetantes ou álcool em gel para limpar as mãos antes e depois das compras (alguns supermercados em SP oferecem isso ao cliente). E lembre-se: jamais coloque as mãos no rosto! Se for possível, limpe a parte do carrinho na qual vai colocar as mãos antes de tocá-lo.

– Mantenha distância dos outros clientes, mesmo na fila do caixa. A recomendação médica é de dois metros, já que respiração e fala transmitem o coronavírus.

– Escolha alimentos que durem o máximo de tempo possível. O momento é de pensar em sobrevivência, mais que em paladar refinado.

– Alimentos frescos que duram mais tempo são: tubérculos, raízes como batatas e cenoura, abóbora, cebola, laranja, maçãs, limão. Outra dica é já cozinhar os alimentos que vão perecer mais rápido e congelá-los.

– Não deixe de levar alimentos saudáveis e com muita vitamina C natural. Afinal, é tempo de manter a imunidade o mais alto possível.

– Não compre em quantidades exageradas, não entre em pânico, afinal, toda a sociedade precisa sobreviver neste período difícil e o desabastecimento geral dos supermercados prejudica a todos.

– Seja educado e gentil com os funcionários do supermercado. Eles estão ali arriscando suas vidas para você poder ter mantimentos em casa. Agradeça-os por isso e, se possível, dê gorjeta para que estes profissionais tenham uma renda extra neste momento difícil, sobretudo para as famílias mais pobres. Mas, não fale muito quando estiver passando as compras, afinal, eles também precisam se proteger!

– Optar por caixas automáticos não é garantia de maior proteção, já que suas teclas são tocadas por muito mais pessoas de que a de um caixa com um funcionário.

– Ao chegar em casa, limpe com desinfetante ou água em solução de cloro os frascos fechados que foram comprados, sobretudo os de plástico, onde o vírus sobrevive mais tempo do que em papel. Lave as verduras e ovos com água e sabão.

– Não fique estressado, pois isso baixa a imunidade. E tente manter sempre o pensamento positivo, o que é fundamental para o psicológico em situações como a que o mundo está enfrentando neste momento. Pense: não é só você que passa por essa situação, é o mundo todo. Portanto, todos precisamos colaborar e nos esforçarmos para manter a cabeça no lugar. Combinado?

Siga @miguel.arcanjo

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Patrícia disse:

    Ótimas dicas! A mais desafiadora após toda a saga de ir ao supermercado em tempo de pandemia é “não fique estressado”. Sigamos tentando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *