DJ Tauí cria Quarentena Sessions e leva alegria às pessoas no isolamento pelo coronavírus: “Uma terapia”

DJ Tauí toca direto de seu apartamento em SP e faz a festa de quem está no isolamento social por conta do coronavírus – Foto: Autorretrato @djtaui – Blog do @miguel.arcanjo

Nome talentoso da noite paulistana, DJ Tauí vem se destacando nas redes neste período de isolamento social ao propor alegria para enfrentar os difíceis tempos de pandemia e confinamento por conta do coronavírus. O alagoano de Maceió radicado em São Paulo há três anos e meio, onde vive no bairro de Santa Cecília, criou a Quarentena Sessions, na qual faz live em seu Instagram às quartas e sábados, sempre a partir de 19h – nesta sexta (10), tem sessão extra no mesmo horário. No repertório de seus vinis, assim como fazia em casas como Boteco Prato do Dia, ele faz ecoar brasilidades comportadas e também ousadas. Admirador da qualidade do trabalho do artista, o Blog do Arcanjo entrevistou com exclusividade Thales William, seu nome de batismo. Tauí, que ainda é design e ilustrador, fala sobre como sua discotecagem vem sendo recebida neste período tão conturbado e responde sobre possíveis formas de monetização do importante trabalho que vem fazendo. Leia com toda a calma do mundo.

Miguel Arcanjo – Como surgiu a ideia da Quarentena Sessions?
DJ Tauí –
A ideia surgiu em manter continuidade das festas, sendo assim, entretendo e alegrando um pouco o dia das pessoas. Uma boa oportunidade também para treinar, tocar as músicas que gosto, uma terapia.

Miguel Arcanjo – Como tem sido pra você tocar nesse novo formato?
DJ Tauí – O formato é bem diferente, tocar sozinho pra parede, e com o público distante de você. A gente não sabe muito bem qual tá sendo a reação das pessoas, temos como filtro apenas as caixas de comentários (que sempre é bem engraçada).

Miguel Arcanjo – Quais surpresas teve com a Quarentena Sessions?
DJ Tauí –
O feedback tá sendo bem legal, recebi mensagem de algumas pessoas dizendo que estou alegrando o dia delas, e isso tem me deixado muito feliz! A intenção desde o começo era essa.

Miguel Arcanjo – Qual retorno do público te marcou nesse período?
DJ Tauí –
Que no começo eu achava que a ideia era somente para os meus seguidores e as pessoas que me conheciam nas festas, mas tem alcançado outras pessoas, e isso é bem legal. A coisa que mais me marcou foram algumas mensagem que diziam que assim que a quarentena acabar, iam em uma festa minha.

Miguel Arcanjo – Você já tem audiência internacional?
DJ Tauí –
Eu não faço muita ideia, mas sei de alguns amigos que estão acompanhando em Lisboa, Dublin, Buenos Aires e Montevideo.

Miguel Arcanjo – Como todo mundo você também precisa sobreviver à quarentena. Pensa em deixar sua conta para quem acompanha sua discotecagem e quiser colaborar?
DJ Tauí –
Alguns amigos sugeriram, mas ainda não pensei muito nisso. Acredito que não. Eu não estou encarando isso como um trabalho no momento, apenas como uma diversão e para trazer as pessoas queridas para perto. Mas nunca se sabe, essa minha ideia pode mudar, quando o ‘sapato apertar’, rs.

Miguel Arcanjo – Acha que isso que está fazendo vai ajudar a criar um novo modelo de diversão conjunta em rede e que precisa ser monetizado por quem utiliza pra que artistas como você possam sobreviver à quarentena?
DJ Tauí –
Acredito que sim! São nesses momentos de que a gente vê como a arte e a cultura importa. Estamos dentro de casa consumindo músicas, filmes, livros e etc. E essas coisas não são feitas sozinhas, nada mais justos que esses artistas sejam recompensados pelo belo trabalho que vem fazendo. E os boletos desses profissionais continuam chegando, rs.

Miguel Arcanjo – O que você quer fazer quando pudermos sair novamente às ruas com liberdade?
DJ Tauí –
Acho que vou ficar 1 mês inteiro na rua sem voltar pra casa, brincadeira. Pretendo voltar a tocar todos os dias que conseguir, com bastante aglomeração, se possível.

Siga @djtaui

Siga @miguel.arcanjo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *