Gustavito e A Bicicleta revivem disco de sucesso em show grátis em BH

Gustavo Amaral, o Gustavito, reedita seu disco em show especial no Espaço Luiz Estrela em BH nesta sexta (25) com entrada grátis – Foto: Divulgação – @miguel.arcanjo UOL

O cantor Gustavo Amaral, o Gustavito, promete reviver em um show especial seu grande sucesso: o disco “Quilombo Oriental”. O álbum de 2015 misturou sonoridades afrobrasileiras e indianas em canções como “Massala com Dendê”, “Aflorou” e “Talismã”, além da música-título. Na apresentação, o compositor reedita a banda Gustavito e a Bicicleta. Será nesta sexta (25), 20h, no Espaço Luiz Estrela, em Belo Horizonte, com entrada gratuita. O músico conversou com Miguel Arcanjo sobre este momento especial, sua recente passagem por São Paulo e adiantou que irá se apresentar em um festival do litoral norte paulista. Leia com toda a calma do mundo.

Miguel Arcanjo Prado — O que representa este show para você?
Gustavo Amaral —
Esse show representa um momento de celebração. Celebração do aniversário de seis anos do Espaço Comum Luiz Estrela. O casarão estava abandonado, e quase desmoronando, quando um grupo de artistas de Belo Horizonte, dentre os quais eu me incluo, ocupou o lugar com intuito de transformá-lo em um centro cultural público. Desde então, ele vem sendo restaurado e preenchido de arte. No momento político tão complicado que estamos atravessando é incrível a existência de um espaço como esse!

Miguel Arcanjo Prado — O que dá para adiantar do show?
Gustavo Amaral —
É um momento de celebração de um grande ciclo que se encerra. Realizar o show ‘Quilombo Oriental’ reunindo novamente o grupo ‘A Bicicleta’ celebra o trabalho que foi meu maior sucesso até hoje e ao mesmo tempo que aponta na direção de um novo momento em minha carreira. No repertório traremos as minhas canções mais conhecidas do público num show cheio de energia que conta ainda com os convidados especiais Luiz Gabriel Lopes e Laura Catarina.

Miguel Arcanjo Prado — Como estão os ensaios?
Gustavo Amaral —
 Está sendo muito gostoso remontar a Bicicleta! Nem todos os músicos da formação original vivem em BH atualmente, mas estão sendo substituídos por amigos também talentosos que já conhecem o repertório.

Miguel Arcanjo Prado — Você esteve por São Paulo nos últimos dias, como está sendo essa relação?
Gustavo Amaral — 
Semana passada, em São Paulo, realizei dois pocket shows que foram incríveis e bem diferente entre si, mostrando um pouco das minhas múltiplas faces. Realizei uma apresentação dançante na Casa Gramo ao lado do compositor amazonense Marcelo Nakamura, e também o trabalho da Meditação Musical dos Chakras, que é um novo projeto que venho desenvolvendo unindo música e espiritualidade. Ambos foram maravilhosos.

Miguel Arcanjo Prado — Pretende voltar a São Paulo?
Gustavo Amaral —
 Estarei de volta ao estado de São Paulo em novembro, passarei pela capital mas estarei indo para participar do Festival Mundo Sol, que acontece próximo a Ubatuba, no litoral, num evento de quatro dias envolvendo diversos artistas que trabalham com música e espiritualidade.

Gustavito & A Bicicleta no Espaço Comum Luiz Estrela
25/10/2019, sexta, 20h. r. Manaus 348, Sta. Efigenia, BH. Grátis.

Siga @miguel.arcanjo

Você pode gostar...