Luiza Braga revive morte do pai durante processo da peça Ninho

Atriz Luiza Braga (à frente) reviveu os sentimentos com a morte do pai para criar a peça Ninho, na qual atua com Fran Lipinski e Patrícia Cretti – Foto: Divulgação – Coluna @miguel.arcanjo UOL

A atriz Luiza Braga tem um foco atualmente: subir ao palco para encenar o espetáculo “Ninho”, com estreia marcada para 14 de outubro, na Oficina Cultural Oswald de Andrade, em São Paulo. Afinal, sua contribuição à peça contou com a doação de elementos fortes de sua intimidade. Luiza conta à Coluna Miguel Arcanjo que o processo criativo não foi doloroso. “Mesmo sendo difícil viver novamente algumas dores, como a morte do meu pai, esse processo me fortalece. A gente vive muito na loucura e esquece de algumas coisas importantes”, pontua. Na encenação do Coletivo Ninho, formado em 2017 para mergulhar nas questões da mulher, estão ainda as atrizes Patrícia Cretti e Fran Lipinski. Ao lado de Luiza, elas encenam a obra até 19 de novembro sob direção de Chris Ubach e Fernanda Viacava. Recentemente, Luiza esteve ao lado de Paulo Betti no longa “Uma Noite Não É Nada”.

Siga @miguel.arcanjo

Você pode gostar...