Paraty em Foco traz migrações e destaca Claudia Andujar e Sonia Guggisberg

Começa nesta quarta (18) o 15º Festival Paraty em Foco, evento que vai até 22 de setembro, com o tema “Migrações”. Nesta edição, para celebrar os 200 anos da imigração suíça no Brasil, os Consulados da Suíça em São Paulo e no Rio de Janeiro se uniram para mostrar ao público os trabalhos de duas artistas suíço-brasileiras, conforme apurou a coluna Miguel Arcanjo.

A primeira é Claudia Andujar, grande homenageada nesta edição, com a exposição “Yanomami: Marcados para Morrer?”. A segunda, Sonia Guggisberg, destaque no evento com a exposição “Silêncio”.

Imagem da mostra Silêncio, de Sonia Guggisberg, no Paraty em Foco – Foto: Sonia Guggisberg/Divulgação – @miguel.arcanjo UOL

Ambos trabalhos têm como temática excluídos, minorias e refugiados, sem deixar de trazer esperanças ao remeter aos próprios antepassados das artistas, um dia também imigrantes que chegaram ao Brasil fugindo da fome e da guerra em busca de acolhimento em uma nova terra.

“Claudia Andujar traz em sua fotografia a valorização daqueles que muitas vezes não são vistos, enquanto que Sonia Guggisberg toca com suas imagens o incômodo silêncio europeu diante dos refugiados que chegam ao continente”, analisa Bob Sousa, mestre em Artes pela Unesp e crítico de Artes Visuais da APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes).

Siga @miguel.arcanjo

 

Você pode gostar...