Mona Lisa brasileira, Clementina de Elifas Andreato é destaque em mostra

Clementina, de 1979, retrato de Elifas Andreato chamado de “Mona Lisa brasileira” pelo poeta Hermínio Bello de Carvalho: original exposto pela primeira vez a partir do dia 20 no Museu Afro Brasil – Foto: Reprodução/Elifas Andreato – Blog do @miguel.arcanjo UOL

Ela foi chamada de “a Mona Lisa brasileira” pelo poeta e compositor Hermínio Bello de Carvalho. O célebre retrato da cantora Clementina de Jesus feito há 40 anos pelo artista Elifas Andreato tem original exposto pela primeira vez ao grande público na exposição “A Arte de Elifas Andreato na Música Brasileira”. A mostra é inaugurada em de 20 de agosto, uma terça, no Museu Afro Brasil, no parque Ibirapuera.

“É uma alegria poder expor ao público um dos melhores retratos que fiz”, define Elifas em conversa exclusiva com o Blog do Arcanjo sobre o retrato feito em acrílico sobre tela de 60 cm x 60 cm. “A mostra reúne imagens emblemáticas da minha carreira e da música nacional”, adianta.

Elifas conta que sua exposição traz ainda retratos de nomes como Pixinguinha, Paulinho da Viola, Martinho da Vila, Cartola, Gilberto Gil, Clara Nunes, Tim Maia, Milton Nascimento, Criolo e João Bosco, entre outros, além do cartaz que celebrou os 50 anos da Semana de Arte Moderna de 1922.

“Vou estar lá com alguns amigos”, avisa Elifas sobre a festa de abertura promovida pelo Instituto Elifas Andreato com convidados especialíssimos, marcada para 20 de agosto, às 19h, com entrada gratuita.

Velhos companheiros do artista como Paulinho da Viola, Martinho da Vila (estes dois para os quais fez memoráveis capas de discos) e Emanoel Araujo, criador do Museu Afro Brasil e que assina a curadoria da mostra, se juntam a nomes como Anna Setton e Ilú Obá de Min (que juntas prometem criar uma ilustração musical para a obra de Elifas), Janaína Marquesini (autora da biografia de Clementina de Jesus) e Rappin Hood, com direito a bate-papo aberto ao público. Imperdível.

A Arte de Elifas Andreato na Música Brasileira
Quando: 20/8 a 5/10/2019; de terça a domingo, das 10h às 17h
Onde: Museu Afro Brasil – Parque do Ibirapuera, Portão 10 – Av. Pedro Álvares Cabral, s/n, São Paulo – SP – Telefone: (11) 3320-8900
Quanto: Grátis

Siga @miguel.arcanjo no Instagram

Você pode gostar...