Grupo Galpão leva seu manifesto contra o fascismo ao Festival de Curitiba

Cena da peça “Outros”, do Grupo Galpão, de Minas Gerais, que estará no Festival de Curitiba – Foto: Guto Muniz/Divulgação Galpão – Blog do Arcanjo – UOL

Logo em seus primeiros dias, o 28º Festival de Curitiba, maior evento de artes cênicas do país, discursará contra o fascismo em uma de suas peças.

É o que o público verá no espetáculo “Outros”, do Grupo Galpão, de Minas Gerais.

Cantora faz clipe feminista por Marielle: veja

A obra é dirigida por Marcio Abreu, que também é curador da Mostra 2019 ao lado de Guilherme Weber.

Segundo Abreu, a peça “descreve trajetórias entre o cheio e o vazio, entre a insuficiência das palavras e a potência do silêncio, entre construção e ruína, entre os tempos, passado, presente e futuro, e que busca interligar o artístico, o existencial e o político, reagindo à dureza e à violência desses tempos nossos quando a ignorância usada como arma sustenta um fascismo crescente”.

A sessões de “Outros” estão marcadas para 28 e 29 de março, quinta e sexta, às 21h, no Teatro da Reitoria, com ingresso a R$ 70.

O Blog do Arcanjo no UOL acompanhará de perto a programação do 28º Festival de Curitiba para oferecer a você a melhor cobertura do evento.

Siga Miguel Arcanjo Prado no Instagram

Please follow and like us:
Vingança, O Musical é aplaudido por estrelas Longa Jornada Noite Adentro é aplaudida por famosos Marina Sena fala do 2º álbum Orgulho LGBT+ 5 peças em São Paulo Parada do Orgulho LGBT+ bate recorde com 4 milhões de pessoas