Opinião: Por que racistas no Brasil não são presos?

O youtuber patrocinado por grandes marcas Júlio Cocciello: comentários racistas durante a Copa e no pasado – Foto: Reprodução

O racismo segue como um dos grandes males do Brasil, país fundado e mergulhado em uma estrutura social e cultural racista.

O recente escândalo com o youtuber Júlio Cocielo, que fez comentários racistas durante esta Copa e outros tantos desenterrados de seu tenebroso passado de ideias como pedir o extermínio de negros, só comprova esta vergonhosa situação.

Contudo, uma pergunta sempre paira em casos como este: Por que racistas no Brasil não são presos?

Afinal, reza a Lei, racismo é crime inafiançável. Contudo, mesmo com tal pena prevista, geralmente os racistas saem impunes de seus atos, com agentes policiais e jurídicos fazendo vista grossa para tal crime.

Basta relembrar os últimos casos notórios de racismo que ganharam as manchetes, alguns até gravados em vídeo ou com textos printados, para chegar à simples conclusão: ninguém foi ou está preso.

Ao contrário, o que se percebe é uma tentativa de discurso para atenuar o crime de racismo cometido, invocando sempre a velha ladainha de que tudo não passou de “uma piada”. E logo vem um pedido hipócrita de “desculpas”.

Mas pedido de desculpas retira o crime cometido? Imagine só um assassino que sai por aí matando gente e depois peça desculpas e fique tudo por isso mesmo. Seria inaceitável, não?

Mas, por que isso acontece diante do crime de racismo?

Esta terça (3) foi Dia de Combate à Discriminação Racial. A atriz Taís Araújo aproveitou a data para fazer uma importante lembrança: “Todo dia a gente precisa combater o racismo”.

Contudo, não podemos esquecer de que é preciso cobrar das autoridades que façam o mesmo e queiram, de fato, não só combater o racismo como, quando estiverem diante de um ato racista comprovado, fazer aplicar a lei com rigor e punição exemplar.

Senão, nada muda, e o Brasil seguirá o país no qual o racismo é crime previsto em Lei, mas que nunca é punido.

Siga Miguel Arcanjo Prado

Você pode gostar...