Com Denise Fraga, Zé Celso faz ato contra torres de Silvio Santos

Com uma rosa vermelha nas mãos, Zé Celso caminhou pelo Bixiga acompanhado de uma multidão em festa – Foto: Manuela Scarpa/Brazil News

Por Miguel Arcanjo Prado

O diretor teatral do Oficina, José Celso Martinez Corrêa, o Zé Celso, liderou, neste domingo (26), ao lado de artistas de seu grupo, o ato “Domingo no Parque”, no bairro do Bixiga, em São Paulo.

Centenas de artistas e moradores do bairro protestaram contra as torres que Silvio Santos pretende construir no terreno de sua propriedade ao lado do teatro.

Zé Celso e os artistas dizem que os prédios vão encaixotar o teatro histórico e tombado projetado por Lina Bo Bardi e Edson Elito, eleito o mais belo do mundo pelo jornal britânico The Guardian.

Um dia antes do ato, um carro de som alugado pelo Oficina circulou pelo Bixiga, convocando os moradores para o ato, dizendo que se eles queriam ter um parque no bairro para seu filhos brincarem deveriam participar do protesto.

A atriz Denise Fraga chega ao ato “Domingo no Parque”, contra as torres de Silvio Santos no Bixiga – Foto: Manuela Scarpa/Brazil News

Igor Marotti (com a câmera) e Pascoal da Conceição – Foto: Manuela Scarpa/Brazil News

Silvio Santos não abre mão de sua ideia de ceder seu terreno para transformá-lo em um parque público. Tanto que parou de negociar com o diretor Zé Celso uma possível troca de terrenos, intermediada pela Prefeitura de São Paulo.

O sonho de Zé Celso e dos artistas é que Silvio Santos volte atrás em seu desejo de fazer prédios no local e transforme o terreno de sua propriedade no Bixiga em um parque público, o Parque do Bixiga ou mesmo Parque Silvio Santos, deixando este legado para a cidade de São Paulo e seus futuros moradores.

A atriz Denise Fraga participou da manifestação artística, que fez um abraçaço simbólico no bairro. Denise falou que São Paulo precisa de mais arte e verde e não de mais prédios.

Denise Fraga discursa no ato – Foto: Manuela Scarpa/Brazil News

Pascoal da Conceição também esteve no ato vestido de Doutor Abobrinha.

Ele lembrou que o vilão da série infantil “Catelo Rá-Tim-Bum”, da TV Cultura, que sonha em derrubar o castelo para construir prédios no lugar, foi inspirado na briga entre Zé Celso e Silvio Santos.

O político Eduardo Suplicy, entusiasta do Oficina, também participou do ato público e discursou.

Ele ainda levou no ombro a atriz Camila Mota, vice-presidente da Associação Teat(r)o Oficina Uzyna Uzona, que também subiu no cangote de Pascoal da Conceição.

Camila Mota sobe no cangote de Pascoal da Conceição, vestido de Doutor Abobrinha: personagem foi inspirado na briga entre Silvio Santos e Zé Celso – Foto: Manuela Scarpa/Brazil News

 

Eduardo Suplicy também tomou a palavra em defesa do Oficina e do Bixiga – Foto: Manuela Scarpa/Brazil News

Zé Celso fala contra as torres e pela preservação do Oficina e do bairro do Bixiga, lugar de samba e teatro, segundo o diretor – Foto: Manuela Scarpa/Brazil News

Siga Miguel Arcanjo no Instagram
Curta Miguel Arcanjo no Facebook

Please follow and like us:
Morre pai do Padre Marcelo: “Até a eternidade” Colplay cancela shows no Brasil por doença de Chris Martin Marilyn Monroe, Blonde: Curiosidades do filme Tim Maia: 80 anos do eterno síndico Arlete Salles brilha no Teatro das Artes