Elza Soares lança clipe pela Consciência Negra: A Carne

Elza Soares em seu novo clipe, “A Carne”, lançado no Dia da Consciência Negra – Foto: Divulgação

Por Miguel Arcanjo Prado

“A carne mais barata do mercado é a carne negra”, canta Elza Soares em nova versão para seu hit, “A Carne”, composição de Seu Jorge, Ulisses e Marcelo Yuka.

O videoclipe com a nova versão da canção foi lançado nesta segunda (20), Dia da Consciência Negra.

O videoclipe conta com participação da judoca Rafaela Silva, que enfrentou o racismo durante a Olimpíada de Londres.

A judoca Rafaela Silva participa do clipe “A Carne”, de Elza Soares – Foto: Divulgação

Como forma de dividir o protagonismo negro, Elza convocou um time de peso para a produção.

O elenco traz Loic Koutana, Gabi Ziriguidum, Aisha Fikula, Paulo Guidely, Ana Paula Patrocinio, Vitor Castro, Willian Severo, Renata Terra, Ébano Gama, Arthur Figueiredo, Uyll Neto, Matheus Fox, Carol Dall Farras, Sandra Regina dos Santos , Guilerme Blum, Ayana Amorim, Athanazio de Oliveira Filho, Isabele Czar, Sabrina Ginga, Nirvana Gonçalves de Souza.

Assista ao novo trabalho de Elza Soares, com direção do Coletivo Mooc e produção da Conspiração Filmes:

Veja a letra:

“A Carne”
(Seu Jorge, Ulisses e Marcelo Yuka)

A carne mais barata do mercado é a carne negra
A carne mais barata do mercado é a carne negra
A carne mais barata do mercado é a carne negra
A carne mais barata do mercado é a carne negra
A carne mais barata do mercado é a carne negra

Que vai de graça pro presídio
E para debaixo do plástico
Que vai de graça pro subemprego
E pros hospitais psiquiátricos

A carne mais barata do mercado é a carne negra
A carne mais barata do mercado é a carne negra
A carne mais barata do mercado é a carne negra
A carne mais barata do mercado é a carne negra
A carne mais barata do mercado é a carne negra

Que fez e faz história
Segurando esse país no braço
O cabra aqui não se sente revoltado
Porque o revólver já está engatilhado
E o vingador é lento
Mas muito bem intencionado
E esse país
Vai deixando todo mundo preto
E o cabelo esticado

Mas mesmo assim
Ainda guardo o direito
De algum antepassado da cor
Brigar sutilmente por respeito
Brigar bravamente por respeito
Brigar por justiça e por respeito
De algum antepassado da cor
Brigar, brigar, brigar

A carne mais barata do mercado é a carne negra
A carne mais barata do mercado é a carne negra
A carne mais barata do mercado é a carne negra
A carne mais barata do mercado é a carne negra
A carne mais barata do mercado é a carne negra

Siga Miguel Arcanjo no Instagram
Curta Miguel Arcanjo no Facebook

Please follow and like us:
Morre pai do Padre Marcelo: “Até a eternidade” Colplay cancela shows no Brasil por doença de Chris Martin Marilyn Monroe, Blonde: Curiosidades do filme Tim Maia: 80 anos do eterno síndico Arlete Salles brilha no Teatro das Artes