Musical grátis celebra 30 anos dos Racionais MC’s

Jé Oliveira, do Coletivo Negro, em cena de “Farinha com Açúcar” – Foto: Leonardo Lima/Clix

Por Miguel Arcanjo Prado

Os 30 anos do grupo Racionais MC’s são celebrados também no teatro, com o musical “Farinha com Açúcar ou Sobre a Sustança de Meninos e Homens”, do Coletivo Negro.

O espetáculo faz 12 apresentações em teatros municipais de São Paulo e uma apresentação na Fundação Casa nas próximas semanas [veja serviço ao fim deste texto].

Além de São Paulo, a obra já circulou pelo Rio, Minas e Paraná, acumulando público de 15 mil espectadores.

Com trilha composta por sucessos do grupo de Mano Brown e companhia, a obra foi idealizada por Jé Oliveira, que surge no palco acompanhado de Cássio Martins (baixo), Fernando Alabê (percussão e bateria), Mauá Martins (pianos e MPC), Melvin Santhana/Gabriel Longhitano (guitarra, violão e voz) e DJ Tano – ZáfricaBrasil.

Na apresentação da Fundação Casa KL Jay, integrante dos Racionais MC’s, fará participação especial.

Opinião: Que tal parar de falar da Mallu e ouvir Luedji Luna?

O texto de Jé Oliveira, que também dirige a montagem, é baseado em entrevistas com 12 homens negros de diversas idades e ocupações e busca construir a identidade do homem negro que habita a periferia da metrópole.

“Esse espetáculo é uma intenção sobre a vida, é uma afirmação da existência mesmo sob os escombros. Os encontros que tive com cada entrevistado foram de vida que pulsa e espero ter traduzido um pouco disso na encenação”, fala Jé.

Até o fim do ano o Coletivo Negro lançará um livro com a dramaturgia da peça e um disco com as canções.

Raphael Garcia e Flávio Rodrigues, do Coletivo Negro: peça “Revolver” faz apresentações em Angola em julho – Foto: Letícia Souza

Luanda
Outros dois integrantes do Coletivo Negro, Flávio Rodrigues e Raphael Garcia, viajam nos próximos dias para Luanda, em Angola, África, para participar do Festival Internacional do Teatro do Cazenga com a peça “Revolver”, sobre a ancestralidade africana.

Coletivo Negra trata da mulher negra empoderada em “Ida” – Foto: Divulgação

Empoderada
Outra peça do grupo,”Ida”, sobre o empoderamento da mulher negra, é apresentada também com entrada gratuita neste fim de semana no Teatro Alfredo Mesquita (av. Santos Dumont, 1.770), na zona norte de São Paulo. Sexta e sábado, 20h, e domingo, 19h. Em cena estão Aysha Nascimento e Verônica Santos. O texto é de Renata Martins, uma das roteiristas da atual temporada de “Malhação” (Globo). A peça tem música ao vivo com Fefê Camilo na percussão e Ana Gois na guitarra e saxofone.

SERVIÇO: Farinha com Açúcar ou Sobre a Sustança de Meninos e Homens
Duração: 80 min
Classificação: 16 anos
Quanto: Grátis (para as apresentações nos teatros municipais os ingressos serão distribuídos com uma hora de antecedência)

Teatro Municipal Flávio Império
Quando | 30 de junho, 1 e 2 de julho – De sexta à sábado, 20h e domingo, 19h.
Prof. Alves Pedroso, 600 – Cangaiba, São Paulo. Tel. 2621-2719.

Teatro Municipal Alfredo Mesquita
Quando | De 14 a 16 de julho – De sexta à sábado, 20h e domingo, 19h.
Av. Santos Dumont, 1770 – Santana, São Paulo. Tel. 2221-3657.

Fundação Casa Vila Maria – apresentação especial com KL Jay (fechada)
Quando |21 de julho,  15h

Teatro Municipal Cacilda Becker
Quando | De 11 a 13 de agosto – De sexta à sábado, 20h e domingo, 19h.
Rua Tito, 295 – Lapa, São Paulo. Tel. (11) 3864-4513

Teatro Municipal Paulo Eiró
Quando De 18 a 20 de agosto – De sexta à sábado, 20h e domingo, 19h.
Av. Adolfo Pinheiro, 765 – Santo Amaro, São Paulo. Tel. 5686-8440


Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Você pode gostar...