Crítica: Eduardo Martini domina público e provoca o riso em I Love Neide – A Viagem

Eduardo Martini como Neide Boa Sorte: personagem lançada no programa de Hebe Camargo já atraiu 100 mil pessoas ao teatro - Foto: Caio Gallucci

Eduardo Martini como Neide Boa Sorte: personagem lançada no programa de Hebe Camargo já atraiu 100 mil pessoas ao teatro – Foto: Caio Gallucci

Por Miguel Arcanjo Prado

Eduardo Martini é um humorista astuto. Segura o público, divertindo-o mesmo quando abusa do politicamente incorreto. Consegue preencher todo um palco, fruto de técnica e intuição de quem tem farta estrada cênica.

Prova disso é sua atuação no espetáculo “I Love Neide – A Viagem”, em cartaz às quintas, às 21h, no Teatro Itália, em São Paulo.

Na montagem, o artista vive sua famosa personagem, Neide Boa Sorte. Ela já atraiu 100 mil pessoas ao teatro e foi criada no palco do saudoso programa de Hebe Camargo, no SBT.

Aliás, Hebe, que se tornou amiga do comediante, está presente de alguma forma – o vestido que Martini usa na cena final pertenceu à apresentadora e foi emprestado por seu sobrinho e empresário, Claudio Pessuti.

Dondoca e sem papas na língua, Neide, especialista em autoajuda, destila suas “verdades”, muitas vezes ferinas e repletas de sua peculiar visão de mundo. Suas falas, unidas ao talento do intérprete, geram identificação ou até assombro na plateia. E riso, é claro.

Porque ser politicamente correta não é mesmo o forte da personagem. Muito pelo contrário, em alguns momentos ela é mesmo desconcertante.

Desta vez, no texto de Pedro Fabrini, também em cena ao lado de Eduardo Martini na pele de um mix de personagens com as quais a protagonista contracena, Neide foge de um reality show rural da TV e embarca por uma viagem pelos quatro cantos do mundo, na qual passa por prazeres e apuros.

Aliados ao tempo cômico preciso de Martini, estereótipos geográficos e gentilícios reforçam as gargalhadas do público.

Leia entrevista com Eduardo Martini

“I Love Neide – A Viagem” * * *
Avaliação:
Bom
Quando: De 12/01 até 23/02/2017. Quinta, 21h. 80 min.
Onde: Teatro Itália – Av. Ipiranga, 344, metrô República, São Paulo, tel. 11 3120-6945/3255-1979
Quanto: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia-entrada)
Classificação etária: 14 anos

Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Please follow and like us:
Surra de estilo: Prêmio Bibi Ferreira 2022 Grammy Latino 2022: Veja brasileiros indicados! Travessia estreia em 10 de outubro na Globo Fred Raposo é destaque no Mirada Maitê Proença estreia O Pior de Mim em SP