Após rodar o Brasil, “O Musical Mamonas” tem meia a R$ 25 em repeteco em SP

Como na banda, "O Musical Mamonas" é irreverente - Foto: Rodrigo Rosa/Divulgação

Como a banda, “O Musical Mamonas” é irreverente – Foto: Rodrigo Rosa/Divulgação

Por Miguel Arcanjo Prado

Após uma bem sucedida temporada na capital paulista no primeiro semestre, com 50 mil espectadores, o espetáculo “O Musical Mamonas” caiu na estrada Brasil afora. A história da banda meteórica composta pelos cinco rapazes de Guarulhos foi contada em palcos de dez cidades brasileiras nos últimos meses e agora está de volta a São Paulo em temporada popular.

Com direção de José Possi Neto, direção musical de Miguel Briamonte e coreografias de Vanessa Gullen, o musical pode ser visto às terças, quartas e quintas, 21h, no Teatro Procópio Ferreira (r. Augusta, 2823, Jardins), até 15 de dezembro, com inteira a R$ 50 e meia a R$ 25.

O espetáculo conta a trajetória dos cinco garotos de Guarulhos que sacudiram a música brasileira há exatos 20 anos, com sua música debochada e transgressora, que misturava o bom e velho rock com pitadas generosas de irreverência. Os meninos morreram jovens e no auge do sucesso, em um desastre aéreo.

Ruy Brissac, Adriano Tunes, Yudi Tamashiro, Elcio Bonazzi e Arthur Ienzura vivem Dinho, Júlio, Bento, Samuel e Sergio no palco com desenvoltura. O espetáculo prende o público e conta com a memória afetiva da plateia para construir algumas das cenas mais tocantes.

O roteiro vai desde a banda Utopia, a primeira do grupo, até a mudança para Mamonas Assassinas e o sucesso repentino. Além dos hits do Mamonas, a plateia ainda escuta clássicos do Titãs, Legião Urbana, Engenheiros do Hawaii, Gun’s Roses e Rush. Leia a crítica.

Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Você pode gostar...