Condenação de assassino do pai divide júri em “Doze Homens e Uma Sentença”

Drama “Doze Homens e Uma Sentença” tem elenco afinado – Foto: Divulgação

Drama “Doze Homens e Uma Sentença” tem elenco afinado – Foto: Divulgação

Por Miguel Arcanjo Prado

Um crime obscuro que exige do júri popular uma resposta: um jovem acusado de ter matado o pai é culpado ou inocente? Tal decisão pode levar ou livrar o réu da cadeira elétrica.

O enredo de “Doze Homens e Uma Sentença” já hipnotizou 200 mil espectadores desde que foi lançado com sucesso nos palcos pelo diretor Eduardo Tolentino de Araújo em 2010 com seu renomado Grupo Tapa, quando levou o Prêmio APCA de melhor espetáculo.

Compõem o elenco entrosado os atores Adriano Bedin,  Augusto Cesar, Brian Penido, Bruno Barchesi, Fernando Medeiros, Gustavo Trestini, Ivo Muller, Manolo Rodrigues, Norival Rizzo, Rafael Golombek, Ricardo Dantas, Rodolfo Freitas e Zécarlos Machado.

Tolentino é um dos melhores diretores de drama do teatro brasileiro contemporâneo, conduzindo montagens com atuações convincentes e, ao mesmo tempo, envolventes.

A obra de Reginald Rose, que já teve duas versões para o cinema em Hollywood, sendo uma delas em 1957, pelo diretor Sidney Lumet.

O espetáculo tem como principal charme o exercício de argumentação que fazem os personagens, a favor ou contra a condenação, incapazes de chegar a um veredicto que deixem tranquilas suas consciências. O público é envolvido pela demanda jurídica no palco e é levado a duvidar de uma possível “verdade”.

“Doze Homens e Uma Sentença”
Quando: Sexta, 21h30, sábado, 21h, domingo, 19h. 80 min. Até 28/8/2016
Onde: Tucarena – Rua Bartira esquina com rua Monte Alegre, Perdizes, São Paulo, tel. 11 3670-8455
Quanto: R$ 60
Classificação etária: 12 anos

Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Please follow and like us:
Brasil e Argentina se beijam na Copa do Mundo do Qatar 2022 Após críticas, Nômade Festival coloca negros com Erykah Badu Festival de Curitiba anuncia novidades em 2023 II Expo Internacional Consciência Negra SP The Crown mostra que Charles traiu Diana