Gaymada é grito debochado em prol da diversidade no FIT-BH

Cristal Lopez e mestre de cerimônias da Gaymada - Foto: Daniel Protzner

Cristal Lopez e Fábio Schmidt, mestre de cerimônias da Gaymada – Foto: Daniel Protzner

Por Miguel Arcanjo Prado
Enviado especial a Belo Horizonte (MG)*

A infância em Minas Gerais ainda tem brincadeira na rua. Uma das preferidas é a queimada, que ganhou versão pelos direitos LGBT dentro da programação final do 13º FIT-BH (Festival Internacional de Teatro, Palco & Rua de Belo Horizonte), que chegou ao fim neste domingo (29).

No sábado (28), um grupo de artistas irreverentes se reuniu no Parque Municipal, centro da capital mineira, para fazer uma partida colorida e purpurinada, no “Campeonato Interdrag – Gaymada”, uma espécie de grito debochado em prol da diversidade sexual.

Enquanto o jogo conquistava a atenção de quem passava pelo parque, no microfone, palavras de ordem eram ditas a favor de gays, lésbicas, bissexuais, transexuais e transgêneros, pedindo o respeito a todos, além de manifestações contra o governo do presidente interino Michel Temer (PMDB) e também contra o prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB).

Cristal Lopez, diva trans e negra da cultura em Belo Horizonte, apresentou uma performance. Ao fim, ela lembrou no microfone que o Brasil é líder mundial em morte de transexuais.

*O jornalista Miguel Arcanjo Prado viajou a convite do FIT-BH.

Veja mais fotos da “Gaymada” do FIT-BH:

O jogo movimentou quem estava no Parque Municipal - Foto: Daniel Protzner

O jogo movimentou quem estava no Parque Municipal – Foto: Daniel Protzner

Artistas se travestiram para a brincadeira - Foto: Daniel Protzner

Artistas se travestiram para a brincadeira – Foto: Daniel Protzner

Os artistas demonstraram muita energia - Foto: Daniel Protzner

Os artistas demonstraram muita energia – Foto: Daniel Protzner

A Gaymada reuniu representantes de todos os sexos - Foto: Daniel Protzner

A Gaymada reuniu representantes de todos os sexos – Foto: Daniel Protzner

Democrática, a Gaymada pediu respeito para todos - Foto: Daniel Protzner

Democrática, a Gaymada pediu respeito para todos – Foto: Daniel Protzner

 

 

Please follow and like us: