O Retrato do Bob: Silvia Gomez, sem medo do lobo mau

A dramaturga e jornalista Silvia Gomez - Foto: Bob Sousa

A dramaturga e jornalista Silvia Gomez – Foto: Bob Sousa

Foto BOB SOUSA
Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Silvia Gomez, com um doce jeito de menina mineira, é nome forte da nova dramaturgia feita no Brasil. Cria do CPT (Centro de Pesquisa Teatral) de Antunes Filho, onde montou seu texto O Céu Cinco Minutos Antes da Tempestade, ela acaba de abocanhar indicação ao Prêmio APCA de melhor texto, com sua peça mais recente, Mantenha Fora do Alcance do Bebê. Formada em Comunicação Social pela Universidade Federal de Minas Gerais, a belo-horizontina começou no teatro em sua terra. Em 2001, transferiu-se para São Paulo, onde se divide entre o jornalismo e o palco. Além de escrever as próprias obras, também traduz espetáculos estrangeiros para o português com propriedade, caso do premiado Contrações. Pelo jeito, como evidencia neste retrato de nosso Bob Sousa, diante do lobo mau (interpretado por Diego Dac) a menina mostra que não é nada frágil.

*BOB SOUSA é fotógrafo e mestre em Artes Cênicas pela Unesp. Autor do livro Retratos do Teatro, ele publica sua coluna O Retrato do Bob toda segunda-feira.

Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Jô Soares sofre censura após morte Diário de Pilar na Grécia faz temporada no Teatro das Artes em SP O Deus de Spinoza estreia no Teatro Itália Bandeirantes Teatro nos Parques percorre SP e Brasil ‘Se fosse homem, teria mais visibilidade’, diz Eloisa Vitz