O Retrato do Bob: Maria Thereza Vargas, memória viva do teatro brasileiro

Foto BOB SOUSA
Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Maria Thereza Vargas cuida do teatro brasileiro como uma mãe a um filho querido. Uma das principais pesquisadoras de nosso palco, viveu neste ano de 2014 a glória de ser condecorada com o Grande Prêmio da Crítica da APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes) pela sua dedicação às artes cênicas e pelo livro Cacilda Becker – Uma Mulher de Muita Importância, lançado pela Imprensa Oficial. Paulistana, a estudiosa se formou em dramaturgia e em crítica teatral pela EAD (Escola de Arte Dramática), onde também coordenou a secretaria. Já atuou em variados órgãos de preservação da nossa cultura e lançou obras de referência sobre o nosso teatro, como Cem Anos de Teatro em São Paulo, em parceria com o crítico Sábato Magaldi. Afinal, Maria Thereza Vargas é a memória viva de nosso teatro.

Visite o site de Bob Sousa

Baixe o livro Retratos do Teatro, de Bob Sousa

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Please follow and like us:

1 Resultado

  1. Phillipe disse:

    Foi um dos prêmios da APCA mais merecidos de toda a história da associação. Como não condecorar algo que interliga Maria Thereza Vargas à Cacilda Becker?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tim Maia: 80 anos do eterno síndico Arlete Salles brilha no Teatro das Artes Surra de estilo: Prêmio Bibi Ferreira 2022 Grammy Latino 2022: Veja brasileiros indicados! Travessia estreia em 10 de outubro na Globo