O Retrato do Bob: Juliana Braga, olhar sensível à arte no Sesc São Paulo

Juliana Braga de Mattos em retrato de Bob Sousa 2019 – Foto: Bob Sousa @bobsousa – Coluna @miguel.arcanjo UOL

Juliana Braga de Mattos tem sempre olhar sensível e aguçado quando o assunto é arte. A paulistana graduada e especialista em Museologia pela USP e com mestrado em Gestão e Políticas Públicas pela FGV ocupa o posto de gerente de Artes Visuais e Tecnologia do Sesc São Paulo. Isso a torna responsável, no comando de uma aguerrida equipe, pelas concorridas exposições na instituição. Sempre criadora de pontes e diálogos locais, regionais, nacionais e internacionais, para 2020, ano em que completará 20 anos de Sesc, ela adianta grandes projetos ao posar para o fotógrafo Bob Sousa com exclusividade para a Coluna Miguel Arcanjo. Entre eles está a 3ª edição de Frestas – Trienal de Artes, no Sesc Sorocaba, e a 15ª Bienal Naifs do Brasil, no Sesc Piracicaba. Dois exemplos do conceito de acessibilidade e democratização que norteia seu pensamento. Afinal, a arte deve ser para todos.

Bob Sousa é fotógrafo, mestre em Artes pela UNESP, pesquisador, crítico e jurado de Artes Visuais da APCA. É autor do livro “Retratos do Teatro” (Ed. Unesp), no qual eternizou grandes nomes as artes cênicas. Desde 2012, retrata grandes nomes das Artes em O Retrato do Bob com exclusividade para a Coluna Miguel Arcanjo. Produção: Daniela Hamazaki.

Siga @miguel.arcanjo

Você pode gostar...