Otimismo da Era JK é tema de musical em São Paulo

Gláucia Nasser em “JK: Um Reencontro com o Brasil” – Foto: Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo – UOL

Diante de um Brasil mergulhado na incerteza e na crise frutos de um ódio cego, um dos períodos de maior otimismo e união social da nossa história é relembrado no teatro como forma de alento ao nosso povo.

A época do governo do presidente Juscelino Kubitschek (1956-1961) é pano de fundo para o espetáculo musical “JK: Um Reencontro com o Brasil”, sob direção artística de Julio Cesarini.

Já visto por 18 mil pessoas pelo país, a obra aporta no Teatro Procópio Ferreira (r. Augusta, 2823), em São Paulo, nos dias 22, 23, 29 e 30 de maio, sempre às 21h, com entrada a R$ 60 a inteira e R$ 30 a meia para idosos, estudantes, professores da rede pública e quem doar 1 litro de leite.

Com produção da Fundação Brasil Meu Amor presidida por Jean Obry, a peça foi idealizada pela atriz e cantora Glaucia Nasser. “É muito mais que um espetáculo. É uma aula de história”, afirma ao Blog do Arcanjo.

Em cena, ela surge acompanhada de oito músicos sob batuta do maestro Paulinho Dáfilin: Fernando Nunes (baixo), Pedro Cunha (teclados e acordeon), Chrys Galante e Leandrinho Vieira (percussão), Thiago Gomes (bateria), Guiza Ribeiro (guitarra e violões) e Jonas Moncaio (violoncelo).

No repertório estão canções como “Wave”, de Tom Jobim, “Lamento Sertanejo”, de Gilberto Gil, “Pra Não Dizer Que Não Falei das Flores”, de Geraldo Vandré, e “Tempo Perdido”, da Legião Urbana.

Siga Miguel Arcanjo no Instagram

Please follow and like us:
Jô Soares sofre censura após morte Diário de Pilar na Grécia faz temporada no Teatro das Artes em SP O Deus de Spinoza estreia no Teatro Itália Bandeirantes Teatro nos Parques percorre SP e Brasil ‘Se fosse homem, teria mais visibilidade’, diz Eloisa Vitz