Grátis, exposição do Ilê Aiyê só vai até 6 de janeiro em SP: Corra!

Mirinha Cruz e Jéssica Nascimento: Rainhas Deusa do Ébano do Ilê Aiyê em 1976 e em 2018 – Foto: André Seiti – Divulgação Ilê Aiyê – Blog do Arcanjo – UOL

Mais icônico grupo afro da Bahia, pioneiro na conscientização e no empoderamento do negro e da luta contra o racismo, o Bloco Ilê Aiyê é celebrado na “Ocupação Ilê Aiyê”, megaexposição que pode ser vista de graça em São Paulo somente até 6 de janeiro de 2019 no Itaú Cultural (av. Paulista, 149). As visitas são de terça a sexta, das 9h às 20h, e sábado, domingo e feriado, das 11h às 20h.

Chamado de “o mais belo dos belos” e cantado por nomes como Gilberto Gil, Caetano Veloso e Daniela Mercury, o Ilê, como é carinhosamente chamado pelos seus integrantes, tem sua história contada no coração paulistano, desde sua fundação em 1974, passando pelos desfiles que marcaram sua linda trajetória no Carnaval da Bahia.

Além da exposição paulistana, na noite desta segunda (31), a Banda Aiyê toca a partir das 20h no Réveillon de Brasília, no Distrito Federal, na praça dos Orixás, na Prainha do lago Paranoá, ao lado da Ponte Honestino Guimarães, na margem do lado da Asa Sul, com entrada grátis.

Siga Miguel Arcanjo Prado no Instagram

Você pode gostar...