Soldado da PM que beijou homem no metrô fala a Cabrini no SBT

Roberto Cabrini e o soldado Leandro Prior, que vive um drama por ser homossexual na PM – Foto: Divulgação/SBT – Blog do Arcanjo – UOL

O jornalista Roberto Cabrini fez entrevista exclusiva com Leandro Prior,  soldado da Polícia Militar de São Paulo que foi filmado fardado e beijando um homem no metrô. Desde então, ele é vítima de ataques na internet e outras perseguições. A entrevista será exibida no “Conexão Repórter” da próxima segunda-feira (9), às 23h30, no SBT.

O policial fala pela primeira vez sobre a polêmica que o fez pedir afastamento médico em uma entrevista emocionante. Não são expostos dilemas da corporação e sua hierarquia que não sabe ainda lidar com integrantes homossexuais.

A história da vida real remete à peça “O Beijo no Asfalto”, escrita em 1960 por Nelson Rodrigues, na qual um homem tem sua vida destruída após ser fotografado pela imprensa beijando outro homem no centro do Rio de Janeiro.

Emocionado, o soldado Leandro Prior sofreu represálias e ataques após serem divulgadas imagens dele beijando um homem no metrô de São Paulo – Foto: Divulgação/SBT – Blog do Arcanjo – UOL

Cabrini vai mostrar a história de Leandro, filho de policial militar, PM por vocação e homossexual que optou por não esconder sua orientação e que viu sua vida se transformar na velocidade da internet.

Durante a conversa, o policial fala sobre as ameaças, ofensas, humilhações e represálias pelas quais passou. Ele ainda conta que suas declarações de comprometimento com o uniforme e a corporação não o livraram de momentos de provação, vítima de preconceito institucional por conta de sua orientação sexual.

Com a exposição de sua vida pessoal, que lançaram luz para um tabu, a homossexualidade dentro da PM, Leandro agora sonha em ter Justiça para tudo que sofreu, sobretudo perseguições e segregação.

Segundo o SBT, “o programa investiga até que ponto existe preconceito, velado ou não, dentro da Polícia Militar”. “Uma corporação questionada e uma sociedade posta em xeque são retratadas no documentário ‘A Farda da Alma'”, informa o programa de Cabrini.

Siga Miguel Arcanjo Prado

Você pode gostar...