Saiba quem ganhou 1º Prêmio Leda Maria Martins

Leda Maria Martins recebe homenagem na primeira edição do prêmio que leva seu nome em BH das mãos de Nilma Lino Gomes e Áurea Carolina – Foto: Letícia Souza/Divulgação

O Prêmio Leda Maria Martins, voltado às artes cênicas negras de Belo Horizonte, premiou dez diferentes categorias em sua primeira edição. O prêmio foi entregue na última quarta (6), no auditório do BDMG, na capital mineira. Professora e pesquisadora do teatro negro na UFMG, (Universidade Federal de Minas Gerais), Leda se emocionou com a homenagem que transformou seu nome em prêmio. O Blog do Arcanjo do UOL mostra quais produções foram agraciadas em cada uma das dez categorias, cujos nomes remetem a elementos da cultura negra.

Encruzilhada – Área: direção
“Pai Contra Mãe” – Cia Fusion

Muriquinho – Área: infanto-juvenil
“Abena” – Cia Bando

Oralitura – Área: texto, trilha sonora
“Vaga Carne” – Grace Passô

Corpo Aderço – Área: dança
“Quilombos Urbanos” – Cia Será Que?

Performance do Tempo Espiralar – Área: performance
“Apologia III” – Coletivo Tropeço

Lugar da Memória – Área: cena curta
“Rolezinho – Nome Provisório – Cenas Pretas”
e
“Refém Solar” – Elisa Nunes

Afrografias – Área: atuação
“Vaga Carne” – Grace Passô

Cena em Sombras – Área: cenário, figurino e/ou luz
“Eras” – Coletivo Negras Autoras

Palco em Negro – Área: espetáculo longa duração
“Madame Satã” – Grupo dos Dez

Ancestralidade – Área: personalidade, homenagem, revelação
“Memórias de Bitita: O Coração Mão Silenciou”

Grace Passô em cena no monólogo “Vaga Carne”, premiado em duas categorias no 1º Prêmio Leda Maria Martins – Foto: Lucas Ávila/Divulgação

Siga Miguel Arcanjo no Instagram
Curta Miguel Arcanjo no Facebook

Você pode gostar...