Atriz trans, Renata Carvalho comemora RG com nome feminino

A atriz Renata Carvalho – Foto: Bob Sousa

Por Miguel Arcanjo Prado

Renata Carvalho celebra seu novo documento de identidade, com nome feminino. A atriz travesti foi perseguida e censurada este ano por encenar a peça “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu”, da escocesa Jo Clifford com direção de Natalia Mallo.

Mas enfrentou todos de cabeça erguida e ganhou na Justiça o direito de prosseguir com a encenação, sucesso de público por onde passa, e de mudar de nome nos documentos, fazendo de seu nome social seu nome real.

Nesta semana, após muita luta, ela conquistou o direito de ter o RG como sonhava.

“Preciso confessar que ando pra cima e pra baixo com meu novo RG”, diz ela, satisfeita.

A atriz lembra que passou por muitas humilhações por antes ter de usar um documento com nome masculino.

Ela lembra que ouvia comentários do tipo: “‘Nossa você me enganou’, ‘Você é travesti? Nem parece’, ‘Nossa você nem parece que é homem’, ‘Se eu visse na rua não iria perceber’, ‘Vocês são melhores que muitas mulheres'”.

Agora, Renata revela olhar com carinho a todo momento para o documento novo. “Ainda não acreditando que ele existe, olho o nome, a assinatura”, fala.

A atriz conta que, ao olhar para o documento, vêm muitas frases em sua cabeça.

Do tipo: “‘Qual seu nome verdadeiro?’,’Qual nome nos seus documentos?’ ou ainda ‘Você é de mentira, falsa, não existe'”.

Diante de tudo isso, ela celebra: “Agora tenho esse documento provando quem eu realmente sou, por isso, ando pra cima e pra baixo talvez como uma criança que ganha algo que tanto queria”.

Faz muito bem.

Siga Miguel Arcanjo no Instagram
Curta Miguel Arcanjo no Facebook

Você pode gostar...